Smartphone samsung g313 galaxy ace 4 lite duos, desbloqueado dual 4gb 3mp 4' - preto - único com melhor preço

Vendido e entregue por C&A

Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja C&A!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja C&A.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!


qualidade de vida no trabalho secretarial

Ser feliz é buscar constantemente a realização pessoal, profissional e tantas outras. Nos dias de hoje, o mais interessante e viável para encontrar “esta tal felicidade” é a criação e utilização de ferramentas criativas, tendo o objetivo evidenciado por meio de gestos, atos e sensibilizações diversas. Com o avanço da tecnologia, esperava-se obter mais tempo de lazer para o trabalhador, pois os serviços repetitivos e monótonos seriam executados por outros mecanismos no lugar do homem. Entretanto, o desenvolvimento tecnológico libertou os trabalhadores de muitos esforços físicos, mas tornou-os escravos de um trabalho que exige cada vez mais empenho mental e intelectual. O trabalho ocupa um importante espaço na vida dos homens, visto que é na atividade laboral que estes passam a maior parte de seu tempo, durante os melhores e mais produtivos anos de suas vidas. O estresse é uma doença organizacional, que revela não só conflitos pessoais, mas também estruturas e ambientes de trabalho doentes. Tanto para o secretario executivo, quanto para qualquer profissional, para reduzir o estresse nas empresas, melhorar a produtividade e reduzir as faltas por doença com fundo emocional, é preciso muito mais do que apenas tratar indivíduos. Como 70% das causas têm origem em problemas estruturais, ou seja, são gerados pela própria empresa, a solução passa por uma mudança drástica nos processos e na estrutura corporativa. Mas o tratamento não se encerra com a erradicação do estresse. É então que se inicia a fase de prevenção, realizada por meio de acompanhamento das áreas críticas, treinamentos e workshops periódicos. São atividades que promovem a melhoria contínua dos processos para a redução do estresse tóxico. Combater o estresse é reaprender a interagir com pessoas e reagir saudavelmente diante dos problemas da vida. A preocupação com o material humano traz um enorme retorno no que tange à qualidade e à produtividade para a empresa. O profissional de Secretariado Executivo está percebendo que é cada dia mais difícil suportar empresas que fazem com que ele passe o dia inteiro nelas esperando pelo final do expediente para poder, realmente, viver. Ele já está consciente de que ali dentro se concentra a maior parcela de sua capacidade de realização e não quer mais desperdiçá-la para uso apenas nos seus momentos de lazer. Para Carvalho e Serafim (1995), “o trabalho deve ser uma fonte de prazer para o indivíduo”. Daí a importância de o profissional ter as funções bem definidas e bem traçadas e os seus objetivos pessoais e profissionais claramente delineados, contribuindo para uma vida mais equilibrada. Verifica-se, então, que o significado do trabalho na Qualidade de Vida (QV) do ser humano não se refere apenas ao valor monetário, mas também ao prazer pelo próprio trabalho. No Brasil, nas últimas décadas, o cenário de rápidas e contínuas transformações em questão, inseridas nas organizações, provocou aumento da competitividade e, em decorrência, a necessidade de revisão dos paradigmas de gestão e das estratégias de inserção e manutenção nesse contexto turbulento e mutável. A busca pela qualidade tornou-se vital para as empresas atualmente. O processo de globalização e o livre comércio estimularam a concorrência entre as organizações e um maior grau de exigência entre seus clientes. Novas teorias propondo a participação como forma de compromisso e satisfação vêm tentando substituir o termo “trabalhador” por “colaborador” ou “parceiro”. Segundo Bom Sucesso (1998), mais importante do que a adoção de novos termos é dar ao trabalhador uma convivência sadia para contribuir para a melhoria da qualidade de vida. O trabalho pode e deve se constituir em uma fonte de prazer e concretização de planos de vida, sem necessariamente afastar o trabalhador de sua vida externa, mas sim se completando com ela. Um cuidado que deve ser tomado com relação ao dinheiro como forma de motivação. Segundo os mesmos autores, ele pode se enfraquecer enquanto motivador, pelo fato das empresas assegurarem a mesma remuneração ou remuneração muito parecida aos funcionários que ocupam cargos comparáveis. Eles ainda afirmam que o dinheiro só será um motivador eficaz se as pessoas que ocupam posições diferentes, porém, semelhantes, tiverem gratificações e salários que reflitam o desempenho de cada uma. Quando o tempo passado no trabalho é constituído de bons momentos e é vivido de forma digna, o homem sente-se mais feliz e acaba por transmitir esse sentimento para as mais diversas esferas de sua existência. Por outro lado, problemas e angústias que afligem o homem em seu ambiente de trabalho refletem negativamente nos mais diversos aspectos de sua vida (familiar, social, físico, dentre outros).        




orientações para o comportamento humano e suas relações interpessoais

Conjunto de políticas e práticas definidas de uma organização, para orientar o comportamento humano e as relações interpessoais no ambiente de trabalho. No Brasil, as práticas na gestão de recursos humanos vigentes nas empresas brasileiras ainda continuam bastante heterogêneas. Historicamente, no entanto, podem ser constadas alterações nas características gerais dessas práticas. Essas ocorreram, principalmente, em função de alterações na legislação trabalhista e nos modelos de gestão e de produção. Hoje qualquer pessoa, por menor que seja sua escolaridade, sabe que não é pela imposição, pelo controle e punição, que se obtém o melhor de cada um. Os empregados e funcionários passaram a ser vistos como colaboradores. Em tempos em que copiar é o mais fácil e ágil, todos os produtos e serviços seriam iguais, se não fossem as pessoas, que constituem o verdadeiro diferencial de cada organização. Motivação e reconhecimento são fatores essenciais, que a par da formação técnica, vão construir o patrimônio de habilidades de qualquer instituição. Pela análise das várias épocas em que um ou outro sistema de gestão de pessoas predominou, podemos facilmente relacionar o padrão vigente, com a fase de desenvolvimento social e político, e também da estruturação da economia, vivida por um país ou continente, e hoje, cada vez mais, pelo mundo globalizado. Os recursos humanos, porém, ainda são vistos como peças de engenharia, elementos do processo produtivo, mas ainda sem a visão do valor humano que cada um poderia agregar ao produto final. Essa visão é reconfirmada na visão de que os funcionários eram vistos como “peças de uma máquina” (Wood & Piccarelli, 1999). Embora não seja uma teoria dirigida à administração de pessoal, pouco estruturado e reconhecido, torna-se muito importante a correlação com as práticas específicas que surgiriam a seguir. Dela resultam outros desdobramentos teóricos, mas a ela se vincula, principalmente, o surgimento do Fordismo, como sua consequência. Para o surgimento dessa nova fase foram também decisivas as abordagens de Maslow (mais divulgadas por meio do conceito da pirâmide das necessidades humanas), e de McGregor (com as conhecidas Teorias X e Y), ambos demonstrando forte relação entre alcance de objetivos produtivos e motivação dos empregados. Maslow, com sua teoria da motivação baseada na hierarquização das necessidades humanas, as dispôs em níveis de acordo com seu grau de importância. Na base da pirâmide estariam então as necessidades básicas para garantir a sobrevivência (necessidades fisiológicas). No segundo nível, estariam necessidades de segurança, (saúde e teto). A seguir, no terceiro nível, necessidades sociais (pertencimento, integração de grupos). A satisfação dessas necessidades produz sentimentos de autoconfiança, prestígio, favorecendo as relações interpessoais. No quarto nível as necessidades de autoestima, autovalorização, decorrentes da forma como o indivíduo se vê, necessidades cuja satisfação gera força e prestígio. No quinto nível, portanto no topo da pirêmide, as necessidades mais elevadas (de realização), cuja satisfação confere a possibilidade de realização de todo o potencial do indivíduo, mais relacionado com a competência para atingir a autorrealização.




novo teste do instagram mostra plataforma mais moderna

Gente, o Instagram começou a testar esses dias um novo design para a sua interface. Vem saber mais!

De acordo com alguns screenshots (prints) que foram divulgados na internet, a rede social de fotos estaria testando um visual preto e branco. Na verdade, essa mudança não se restringiu apenas às cores do aplicativo, mas também ao desenho dos ícones, que aplica uma técnica de design que tenta imitar objetos da vida real, sabe? Só pra se ter uma ideia, o nome Instagram, que atualmente é branco, nessa atualização ficou preto e agora centralizado no topo da tela. Outra coisa: todo o fundo do aplicativo é branco, o que dá um contraste bem interessante. Ah, e o botão de curtidas, que é um coração dentro de um balão de comentários, agora é apenas um coração. E tem mais, o botão da câmera também foi alterado. Por exemplo, agora ele é apenas um quadrado com um círculo dentro,aliás, neste novo design ele se parece mais com uma câmera real.

Pelas screenshots dá pra perceber que o visual está realmente mais moderno, mas ainda não dá pra confirmar se esta novidade será implementada para todos ou se é apenas mais um teste da rede social, tá? Até porque, o pessoal do Instagram comentou que a rede social testa constantemente novas experiências com pequenas parcelas de usuários pelo mundo e que no momento, esse é apenas mais um teste de design… E aí, me conta, o que você achou desse novo visual do Instagram?




o serviço público

A literatura apresenta algumas definições e classificações de serviços. Entretanto, não há um cuidado especial acerca do termo “serviço público”. Cunha (2008) cita que o conceito de serviço público não é estático. Este se altera de acordo com as necessidades do tempo e do interesse público. Desta forma, esta definição de serviço público sofre influências das diversidades culturais, temporais, espaciais, tecnológicas, econômicas, entre outras. Cabe ressaltar que serviço público difere da função pública. O primeiro refere-se à atividade do Estado objetivando o bem-estar social e a satisfação das necessidades do cidadão. Já a função pública refere-se à atividade endereçada aos fins essenciais do Estado (CUNHA, 2008). O jurista Celso Antônio Bandeira de Melo (1999) conceitua: Serviço público é toda a atividade de oferecimento de utilidade ou comodidade material fruível diretamente pelos administrados, prestados pelo Estado ou por quem lhe faça às vezes, sob um regime de Direito Público - portanto, consagrador de prerrogativas de supremacia e de restrições especiais - instituído pelo Estado em favor de interesses que houver definido como próprios no sistema normativo. (...) a noção de serviço público há de se compor necessariamente de dois elementos: um deles, que é seu substrato material, consiste na prestação de utilidade ou comodidade fruível diretamente pelos administrados; o outro, traço formal indispensável, que lhe dá justamente caráter de noção, consistente em um específico regime de Direito Público, isto é, numa "unidade normativa” (BANDEIRA DE MELO, 1999, p.27). Outra definição é apresentada por Meirelles (1999), na obra Direito Administrativo Brasileiro: Serviço Público é todo aquele prestado pela Administração ou por seus delegados, sob normas e controles estatais, para satisfazer necessidades essenciais ou secundárias da coletividade ou simples conveniências do Estado. Fora dessa generalidade não se pode indicar as atividades que constituem serviço público, porque variam de acordo com a exigência de cada povo e de cada época. Nem se pode dizer que são as atividades coletivas vitais que caracterizam os serviços públicos, porque ao lado destas existem outras, sabidamente dispensáveis pela comunidade, que são realizadas pelo Estado como serviço público (MEIRELLES, 1999, p.29). Di Pietro (1999) escreve que o serviço público é toda atividade material que a lei atribui ao Estado. Esta deve objetivar a satisfação concretamente das atividades coletivas, sob o regime jurídico total ou parcialmente público. Dentre os conceitos apresentados, Moreira Neto (2000, p.99) é o autor que conceitua o serviço público sob a visão tradicional e a visão contemporânea. Na tradicional, deve-se “assegurar de modo permanente, contínuo e geral, a satisfação de necessidades essenciais ou secundárias da sociedade [...]”. Para a visão contemporânea, ele conceitua: "as atividades pelas quais o Estado [...] promove ou assegura a satisfação de interesses públicos, assim por lei considerados, sob regime jurídico próprio a elas aplicável, ainda que não necessariamente de direito público. No Direito há uma classificação tradicional de serviços públicos: próprios e impróprios (ou virtuais e objetivos). Estes são conceituados assim: • os próprios: são aqueles que devem ser prestados diretamente pelo Estado sem possibilidade de delegação ou concorrência; e, • os impróprios: são aqueles que podem ser prestados pelos particulares e também indiretamente pelo Estado, mediante suas autarquias, empresas públicas ou sociedades de economia mista (CUNHA, 2008). (grifos nossos).


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil