SITE SEGURO Pesquise os produtos no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil.

Disponível em C&A

Short Doll Estampa Branco em C&A

Vendido e entregue por C&A.

Tempo restante para atualização de preço e dados deste produto. Loja C&A!

O Short Doll é perfeito para uma noite fresquinha. Com modelagem soltinha não marca a silhueta e garante conforto, o shorts estampado e a transparência na blusa garantem o diferencial do conjunto. Compre e abuse! Composição: 50% Algodão 50% Poliéster / Tule: 100% Poliamida.



Especificações

CorBranco
PadronagemLiso
LingerieDia-a-dia
MarcaDesign Intimo

Encontrar semelhantes a Short Doll Estampa Branco

Short Doll Menina Branco Puket

Short Doll Estampa Branco

Vendido e entregue por C&A.

O Short Doll é perfeito para uma noite fresquinha. Com modelagem soltinha não marca a silhueta e garante conforto, o shorts estampado e a transparência na blusa garantem o diferencial do conjunto. Compre e abuse! Composição: 50% Algodão 50% Poliéster / Tule: 100% Poliamida.



Especificações

CorBranco
PadronagemLiso
LingerieDia-a-dia
MarcaDesign Intimo

Encontrar semelhantes a Short Doll Estampa Branco

Short Doll Com Estampa De âncoras Branco

Vendido e entregue por C&A.

Esse short doll foi confeccionado em malha leve de toque macio, ideal para as noites quentes. A regata tem bolso aplicado na parte frontal e padronagem de pequenas âncoras e poás. O decote é redondo e as alças são médias. O short tem cós com elástico embutido. Composição: 100% Algodão Modelo Veste: P

Encontrar semelhantes a Short Doll Com Estampa De âncoras Branco

Short Doll Emojis Branco

Vendido e entregue por C&A.

Short doll desenvolvido em malha de algodão com toque macio. A regata tem decote arredondado e alças médias. Sua estampa é formada através da padronagem de emojis. O short tem cós largo com elástico e cordão para ajuste. Composição: 100% Viscose Modelo Veste: P. Altura: 1,78m Busto: 84cm Cintura: 61cm Quadril: 94cm



Especificações

Tipo EstampaVariados
CorEstampado
MaterialMalha
MarcaDesign Íntimo

Encontrar semelhantes a Short Doll Emojis Branco

Pijama Plus Size Branco Estampa Poá

Vendido e entregue por Posthaus.

Pijama Plus Size Branco Estampa Poá. Com blusa em meia malha de algodão com estampa frontal. Short em algodão com poliéster que formam poás brancos já na trama do tecido. Possui cadarço pink, porém não funcional

Encontrar semelhantes a Pijama Plus Size Branco Estampa Poá

Short Doll Menina Rosa Puket

Vendido e entregue por Posthaus.

Short Doll Camiseta estampa de cachorrinho.

Encontrar semelhantes a Short Doll Menina Rosa Puket

Baby-doll Cinza

Vendido e entregue por Posthaus.

Lindo Baby-doll. Blusa com estampa frontal em cores vibrantes, short com elástico.

Encontrar semelhantes a Baby-doll Cinza

Camiseta Not Your Doll

Vendido e entregue por Riachuelo.

A Camiseta Not Your Doll é confeccionada em mescla de algodão e poliéster. Possui modelagem evasê, mangas curtas, decote redondo e estampa frontal com a escrita "Not Your Doll" com rosas. Combine com calça cigarrete e tênis branco para um visual despojado

Encontrar semelhantes a Camiseta Not Your Doll

Short Doll Branco

Vendido e entregue por Uselets.

Short doll sensual de renda, Regata de alcinha e frente aberta com laço de fita. Caleçon de renda justo.

Encontrar semelhantes a Short Doll Branco

investimentos no mercado brasileiro

investimentos no mercado brasileiro


Antes de mais nada, para analisar os diferentes tipos de investimentos, é necessário compreender a realidade nacional. No Brasil existem dois grandes grupos de investimento:
•Os investimentos de poupança dizem respeito aos produtos que bancos comerciais, de investimento, e outras instituições financeiras oferecem aos clientes, e que consiste em depósitos realizados, que rendem juros, que são somados ao dinheiro guardado e depois devolvido (ou sacado) ao cliente.
•Os investimentos acionários nada mais são do que a compra de um pequeno pedaço de uma empresa. Quem o faz torna-se sócio dela e pode desfrutar de seus lucros. Também se pode ganhar com a revenda da participação a outros interessados.
Até os anos de 1960, o mercado brasileiro de bolsas de valores não era interessante a ponto de atrair os fluxos dos investimentos de poupança. Ele era alimentado basicamente pelos tradicionais investidores e tinha liquidez (ou seja, facilidade de negociação – compra e venda das ações) para um número extremamente reduzido de ações (máximo de 30 ações).
A partir de 1960, no entanto, uma boa parcela dos aplicadores de renda fixa começou a perceber que o retorno a médio e longo prazos no mercado de bolsas de valores era significativo. O aumento dos investimentos no mercado de capitais se deveu também à profissionalização no atendimento aos acionistas.
As empresas passaram a distribuir dividendos compatíveis com a realidade do mercado e ficou patente a necessidade de criação de um órgão fiscalizador do mercado. No Brasil, para essa finalidade, foi criada a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Em 1962, ocorreu o primeiro boom do mercado. Empresas como Brahma, por exemplo, conseguiram render 313% no ano – lembre-se de que a inflação no ano chegou próximo aos 80%.
Apesar da inflação, na ocasião, a procura por ações ocorreu muito mais pelo fato de os investimentos em imóveis estarem escassos pela falta de financiamento de longo prazo e devido à eliminação das letras de importação do Banco do Brasil. Para se ter uma ideia da corrida, basta lembrar que, de 1959 a 1962, as ações da Vale do Rio Doce tiveram alta de 3.716%.
Evidentemente, sucessivas chamadas de capital (vendas de papéis) das empresas negociadas no pregão e as restrições ao crédito impostas pelo plano trienal do Governo, além da crise política que se avizinhava, derrubaram novamente as cotações e fizeram com que as pessoas se esquecessem das bolsas por mais alguns anos.
Em 1969, no entanto, em função do impulso desenvolvimentista da nação e da necessidade de capitalização das empresas nacionais a baixos custos, o Governo novamente atuou permitindo que as empresas passassem a distribuir bonificações em ações sem tributação, reduzindo a tributação dos dividendos na fonte e a correção monetária do capital de giro.
O processo culminou com a isenção do imposto de renda sobre os aumentos de capital, decorrentes da incorporação de reservas e de lucros não-distribuídos. Além disso, os papéis de renda fixa foram mais tributados e houve incentivos para a compra de ações, que tiveram dedução maior no imposto de renda.
Com todos esses fatores, ocorreu no mercado uma das maiores altas da história, culminando em 1971. Neste mesmo ano, houve uma grande queda, muito mais ocasionada pela falta de infraestrutura do mercado.

Marcas que estão no QueroBarato