SITE SEGURO Pesquise os produtos no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil.

Disponível em Dafiti

Polo Vinteseis Reef em Dafiti

Vendido e entregue por Dafiti.

Tempo restante para atualização de preço e dados deste produto. Loja Dafiti!

Compre Polo Vinteseis Reef por R$ 89.90

Encontrar semelhantes a Polo Vinteseis Reef

Polo Vinteseis Reef

Vendido e entregue por Kanui.

Composição: 50% Algodão, 50% poliester. Tecido: Pique, Gola Polo, Vista com botões, mangas curtas, costuras reforçadas, bordado da marca no peito esquerdo.

Encontrar semelhantes a Polo Vinteseis Reef

Polo Vinteseis Knit

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Polo Vinteseis Knit por R$ 39.90

Encontrar semelhantes a Polo Vinteseis Knit

Polo Vinteseis Temple

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Polo Vinteseis Temple por R$ 39.90

Encontrar semelhantes a Polo Vinteseis Temple

Polo Vinteseis Vinteseis

Vendido e entregue por Kanui.

Composição: 50% Algodão, 50% poliester. Tecido: Pique, Gola Polo, Vista com botões, mangas curtas, costuras reforçadas, bordado da marca no peito esquerdo.

Encontrar semelhantes a Polo Vinteseis Vinteseis

Bermuda Vinteseis 20cat Preto

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Bermuda Vinteseis 20CAT Preto por R$ 79.90

Encontrar semelhantes a Bermuda Vinteseis 20cat Preto

Bermuda Tecido Vinteseis Sunset

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Bermuda Tecido Vinteseis Sunset por R$ 89.90

Encontrar semelhantes a Bermuda Tecido Vinteseis Sunset

Bermuda Vinteseis Thunder Preto

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Bermuda Vinteseis Thunder Preto por R$ 79.90

Encontrar semelhantes a Bermuda Vinteseis Thunder Preto

Bermuda Vinteseis Silver Cinza

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Bermuda Vinteseis Silver Cinza por R$ 49.90

Encontrar semelhantes a Bermuda Vinteseis Silver Cinza

Bermuda Vinteseis Mavericks Cinza

Vendido e entregue por Kanui.

Compre Bermuda Vinteseis Mavericks Cinza por R$ 79.90

Encontrar semelhantes a Bermuda Vinteseis Mavericks Cinza

4 dicas para gerenciar projetos pequenos

4 dicas para gerenciar projetos pequenos


Recentemente participei de um seminário promovido pela Ten Step Inc. – e ministrado pelo próprio presidente da empresa, Tom Mochal – cujo tema principal foi: “Managing Small Projects”. Em português: “Gerenciando Projetos Pequenos”.
Nunca percebi muitas novidades nos materiais que já tive contato da Ten Step (sobretudo os artigos publicados no blog brasileiro), mas nesta última oportunidade consegui identificar alguns pontos interessantes que gostaria de partilhar com vocês:
Em primeiro lugar, classificar um projeto pelo tamanho é relativo.Da mesma forma que projetos são únicos, organizações também são. Vários fatores podem ser ponderados ao dimensionar um projeto: esforço empreendido, orçamento, prazo, produtos internos ou externos, impactos dos objetivos no negócio e vários outros. Mas sem dúvida nenhuma, os critérios mais objetivos e universais existentes são: esforço (em horas) e orçamento. Por exemplo, a maioria das empresas de TI utilizam o esforço em horas de desenvolvimento como métrica para categorizar um projeto. Neste caso, por mais que muitos falem que “até 2500 horas é projeto pequeno”; “de 250 a 500 horas é projeto médio”;“acima de 500 horas é projeto grande”, cada organização deve definir seus patamares com base em seu próprio portifólio e histórico.
Planeje apenas o suficiente, mas planeje. Já ouviu falar de lean, minimalismo, simplicidade? Pois é, em um projeto de 2 meses de duração não faz o menor sentido passar um mês realizando apenas o planejamento. Os planos de um projeto pequeno devem ser proporcionais ao seu tamanho. Para que construir um plano de comunicação completíssimo, com matriz de relacionamentos e responsabilidades e tabelas e mais tabelas de distribuição de informações para um projeto cujo time possui 5 profissionais? Em projetos que têm, em média 25 ~ 35 atividades, uma tasklist bem organizada é mais do que suficiente. Não se preocupe em produzir entregáveis que não serão úteis para este tipo de projeto apenas para seguir uma metodologia, sua preocupação deve se resumir em garantir que cada um dos recursos conhece (e bem) o que precisa ser feito.
O tempo é curto, então saiba usá-lo bem. Se o projeto tem um baixo esforço, logo o prazo de duração do mesmo tende a ser curto. Então, busque utilizar (e transmitir a equipe) conceitos básicos de gestão do tempo. Saber conhecer o backlog de atividades (o que ainda precisa ser feito), priorizar as atividades mais importantes e maximizar o tempo de concentração no trabalho a ser realizado podem se tornar grandes necessidades quando a margem de tolerância a atrasos é curta. Lembre-se da frase: “Não posso lhe dar mais horas em um dia, mas posso ajudá-lo a terminar tudo aquilo que é importante – e precisa ser feito – neste dia”.
Deixe a equipe trabalhar. Geralmente projetos pequenos são controlados pela própria equipe. Não existe a figura de GPs formais, PMO, etc. Assim, confie na capacidade de autogestão de cada profissional do time ou trabalhe para melhorá-las. “Nem todo mundo é um gerente de projeto formal, mas nem por isso não pode gerenciar um projeto com sucesso”.
O grande segredo consiste em conseguir gerenciar com a mesma habilidade todo o portifólio de projetos, independente do tamanho e variações que cada projeto tenha. Trabalhar com metodologias e processos que se adaptem a cada modelo pode ser a grande sacada. Comentem aí que continuamos a falar deste assunto.
---
Para quem deseja saber mais sobre modelos de classificação de projetos, sugiro conhecer mais sobre o modelo de governança do estado da Tasmânia (AUS) neste link.

Marcas que estão no QueroBarato