SITE SEGURO Pesquise os produtos no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil.

Disponível em Calvin Klein

Calça Jeans Body Biker Azul Médio - 36 em Calvin Klein

Vendido e entregue por Calvin Klein.

Tempo restante para atualização de preço e dados deste produto. Loja Calvin Klein!



Especificações

Especificações
 CinturaQuadrilCoxaGancho DianteiroGancho TraseiroEntrepernasComp.Boca
  
3636cm47cm26cm26cm36cm79cm103cm17cm
3838cm50cm28cm27cm36cm80cm103cm17cm
4040cm52cm28cm27cm36cm80cm104cm18cm
4242cm52cm29cm27cm37cm81cm104cm18cm
4444cm55cm30cm28cm38cm81cm106cm19cm
4646cm56cm31cm29cm38cm83cm106cm19cm

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Body Biker Azul Médio - 36

Calca Jeans Classic Logo Médio Azul Médio - 34

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Calca Jeans Classic Logo Médio Azul Médio - 34

Calça Jeans Coordenado Medio Azul Médio Calça Jeans Coordenado Medio Azul Medio - 40

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Coordenado Medio Azul Médio Calça Jeans Coordenado Medio Azul Medio - 40

Calça Jeans Coordenado Medio Azul Médio - 44

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Coordenado Medio Azul Médio - 44

Calça Calvin Klein Jeans Skinny Stretch Azul Médio

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Calça Calvin Klein Jeans Skinny Stretch Azul Médio

Shorts Jeans Coordenado Médio Azul - 36

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Shorts Jeans Coordenado Médio Azul - 36

Calça Jeans Classic Stretch Azul Médio - 46

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Classic Stretch Azul Médio - 46

Calça Jeans Body Stretch Marinho - 40

Vendido e entregue por Calvin Klein.

Calça jeans Calvin Klein Jeans masculina biker na cor azul marinho, cintura baixa, perna justa, barra levemente mais curta, modelagem tridimensional, five pockets, bolso traseiro com bordado personalizado, botão de metal com logo da marca, silk no cós interno Calvin Klein Jeans, tecido moletom confortável que se molda ao corpo lavagem com resina.



Especificações

Especificações
 CinturaQuadrilCoxaGancho DianteiroGancho TraseiroComp.Boca
  
4039cm50cm28cm28cm37cm102cm17cm
4240cm52cm29cm29cm38cm103cm17cm

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Body Stretch Marinho - 40

Calça Jeans Classic Azul Médio - 40

Vendido e entregue por Glamour.

-

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Classic Azul Médio - 40

Calça Jeans Coordenado Medio Azul Médio Calça Jeans Coordenado Medio Azul Medio - 40

Vendido e entregue por Calvin Klein.

Calça jeans Calvin Klein Jeans masculina skinny na cor azul médio, cintura baixa, perna justa, five pockets, bolso traseiro com silk personalizado, botão de metal com logo da marca, silk no cós interno Calvin Klein Jeans, lavagem destroy com rasgos propositais.



Especificações

Especificações
 CinturaQuadrilCoxaGancho DianteiroGancho TraseiroComp.Boca
  
3637cm46cm27cm23cm34cm108cm17cm
3840cm47cm28cm23cm34cm109cm17cm
4041cm50cm30cm23cm35cm111cm18cm
4242cm51cm31cm23cm36cm111cm18cm
4443cm53cm31cm24cm36cm115cm19cm
4646cm56cm33cm25cm37cm116cm19cm
4848cm57cm33cm27cm39cm116cm20cm

Encontrar semelhantes a Calça Jeans Coordenado Medio Azul Médio Calça Jeans Coordenado Medio Azul Medio - 40

como manter a motivação da equipe

como manter a motivação da equipe


Os estudos sobre motivação e liderança já acontecem há muito tempo nas organizações. A Administração Científica de Taylor (considerado “pai” da administração cientifica e escritor de livros como “O Principio da Administração Científica”) e seus seguidores baseavam-se no “homo economicus”, cujo estudo tinha como base apenas o comportamento do homem motivado pelo dinheiro, recompensas salariais e materiais do trabalho. Assim sendo, toda abordagem clássica da Administração era voltada para este modelo de motivação.
Mas, segundo CHIAVENATO (autor de “Introdução a Teoria Geral da Administração” e “Gerenciando com Pessoas”), a experiência de Hawthorne (ocorreu na Western Electric Company, à partir de 1927, visando determinar qual a relação existente entre a intensidade da iluminação e a eficiência dos operários, ou seja, sua produtividade), veio demonstrar que o pagamento ou salário, mesmo quando generoso, não é o único fator decisivo na satisfação do trabalhador dentro da situação de trabalho. Com a teoria das Relações Humanas, passou-se a estudar a influência da motivação no comportamento das pessoas. A partir daí percebeu-se a diferença básica entre incentivo ou gratificação e motivação.
O incentivo ou gratificação tem a conotação de estímulo, ou seja, o funcionário trabalha baseado numa meta para atingir com a finalidade de ter direito a gratificação. O que ocorre nesse ponto é que ao atingir a meta, o objetivo, o funcionário esmorece e compromete a produtividade, até que se fixe nova meta ou novo objetivo. Não quer dizer que não seja uma forma de motivar, mas é apenas uma delas e podemos nos arriscar a dizer que não é a principal.
Já a motivação é um sentimento de comprometimento e de vontade frequente de desempenhar as tarefas e de se doar para um bem comum. A responsabilidade, o comprometimento e o profissionalismo estão acima de tudo. É muito difícil conseguirmos que a equipe chegue nesse ponto de amadurecimento, mas o mais importante e difícil, é que a equipe permaneça nesse ponto.
Vale deixarmos registrado que a motivação é contagiante, e que toda a equipe pode vir a estar motivada quando conseguimos motivar alguns membros da equipe. Mas o contrário também é verdade, ou seja, a desmotivação também é contagiante, então cuidado e atenção.
O líder sempre tem que estar atento as insatisfações da equipe, as dúvidas e aos pontos de desacordo. O líder precisa atuar sempre que necessário, reuniões com a equipe é uma excelente postura e ajuda a identificar esses riscos, como sugestão, faça com alguma frequência e dê um nome sugestivo a essas reuniões, do tipo “Canal Livre”.
Elogiar, a principal motivação: Como o trabalho de motivação é bastante difícil, o líder não deve esquecer-se de elogiar as pessoas. Duas dicas são importantes: “Elogie em público e Corrija em particular” e “Encontre maneiras de elogiar todo seu pessoal não privilegiando apenas um integrante da equipe”. Desta forma os membros do grupo estarão tendo o retorno do que fazem e poderão corrigir os erros durante a implementação das ações, deixando-os bastante a vontade para discussões e participações efetivas. Como Influenciar a Equipe
A influência é uma característica que deve ser desenvolvida pelo líder e é através da influência que conseguimos fazer com que a equipe faça o que tenha que ser feito. Devemos considerar três fatores que influência a equipe: o ambiente, a própria equipe e o indivíduo.
A equipe é inicialmente influenciada pelo ambiente onde está inserida, recebendo influência do tipo de organização na qual está inserida, das definições estratégicas e operacionais a equipe que recebe ou deixa de receber da administração, das facilidades (ou dificuldades) materiais e psicológicas que tem para trabalhar, e de outros fatores que podem vir a afetá-la positiva ou negativamente. Na maioria das vezes essas influências têm raízes nas decisões gerenciais.
A equipe também recebe influência de si mesmo, pois apresenta peculiaridades próprias como: tamanho, idade, ideologia e tipo de missão entre outras. Pesquisas demonstram que o tamanho da equipe interfere no resultado, equipes menores conseguem atingir um consenso mais rapidamente que um com muitos participantes. A equipe é afetada ainda, pelo indivíduo, com suas características, interesses e valores, que na interação com os demais, gera um determinado resultado para a equipe.
James Hunter em seu livro o Monge e o Executivo diz categoricamente que “liderança era a capacidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente na busca dos objetivos identificados como sendo para o bem comum”. Hunter também compara influência com autoridade e afirma que a autoridade é “a habilidade de levar as pessoas a fazerem de boa vontade o que você quer por causa de sua influência pessoal”.
Mas como construir influência sobre as pessoas? Como conseguir que as pessoas realizem de bom grado o nosso desejo? Como envolver as pessoas e fazer com que se comprometam com o que você diz? Sobre o que se constrói a autoridade?
Fico de novo com o posicionamento de Hunter na liderança servidora, que diz que para influenciar as pessoas e consequentemente a equipe e consequentemente alcançar a autoridade, devemos servir e nos sacrificar em prol da equipe. O líder deve identificar e satisfazer as necessidades legítimas do indivíduo e da equipe.
Hunter compara o “servir” com a lei da colheita, que todos os fazendeiros conhecem. Você colhe o que planta. Você me serve, eu servirei você. Você se arrisca por mim, eu me arrisco por você. Quando alguém nos faz um favor, nós não nos sentimos naturalmente devedores? É assim que conseguimos ter o comprometimento de todos na equipe. A autoridade é construída dia após dia, atitude após atitude.
Mas temos que ter cuidado com a “influência”, isso porque alguns “líderes” podem utilizar a sua influência e domínio que possui sobre uma equipe para influenciar pessoas para benefício pessoal, e isso deixa de ser simples influência e recebe o nome de “manipulação”. Aos membros da equipe viram verdadeiros marionetes nas mãos do “líder”. É preciso estar atento ao interesse que tem por trás da influência que o “líder” está exercendo, na liderança honesta e que pensa em favor da equipe a razão da influência sempre será a busca de um benefício mútuo, ou seja, para “líder”, mas também para toda a equipe.
Então, o trabalho em equipe demanda um certo grau de empatia por parte dos líderes, levando-os assim, ao conhecimento das necessidades dos indivíduos e da equipe, de forma que eles possam buscar a satisfação de todos. A busca por essa empatia requer algumas atividades por parte dos líderes, como a disponibilização de tempo para conversar, negociar, ouvir e aceitar sugestões, de forma a garantir o bom desenvolvimento da equipe. Aproveitando a oportunidade, quero deixar claro que muitas pessoas ainda confundem empatia com simpatia.
A empatia é uma condição psicológica que permite a uma pessoa sentir o que sentiria caso estivesse na situação e circunstância experimentada por outra pessoa. E é isso mesmo. Ver o mundo com os olhos de nosso interlocutor. Inclusive ver a nós mesmos. A simpatia pressupõe solidariedade, a empatia pressupõe compreensão. A simpatia cria um envolvimento emocional, que pode prejudicar o julgamento. A empatia estabelece comunicação eficiente.
Bem, não podemos esquecer que a liderança vem com a influência e a autoridade, e elas são conquistadas e sempre através de ações, nunca por omissões ou por acharmos que sendo “chefe” de alguma equipe por si só já teremos respeito, admiração e autoridade. Você terá poder, que diga-se de passagem é necessário, mas não um elemento vital para construir a liderança da equipe.
Como já sabemos, não precisamos ser “chefes” para sermos líderes.

Marcas que estão no QueroBarato