Tênis rainha circuit cinza e laranja | netshoes com melhor preço

Vendido e entregue por NetshoesFrete grátis acima de R$ 99,99

36% OFF
Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja Netshoes!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja Netshoes.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!
Detalhes de tênis rainha circuit cinza e laranja | netshoes

Descrição

Desenvolvido para mulheres esportistas, modernas e versáteis, o Tênis Rainha Circuit garante conforto, estilo e durabilidade para seu guarda-roupa. É uma excelente opção para o seu dia a dia.

Não perca a oportunidade de comprar tênis rainha circuit cinza e laranja | netshoes pelo melhor preço!Compre agora diretamente na loja Netshoes com toda segurança

Quero ir à lojaComprar este produto


apple mostra galeria de vídeos lindíssimos feitos com o iphone 6

apple mostra galeria de vídeos lindíssimos feitos com o iphone 6

Gente, todo mundo que tem iPhone costuma comentar que as imagens produzidas em vídeos ou fotos ficam sempre lindas, não é verdade? Pode reparar que no Instagram, por exemplo, muitos fotógrafos profissionais e mesmo os amadores, colocam na sua biografia, a câmera profissional juntamente com a versão do iPhone que utilizaram pra captar suas imagens.

E para enfatizar todo o poder e tecnologia que a câmera desse smartphone tem, a Apple ampliou a sua campanha, que começou pra promover fotos belíssimas tiradas com o iPhone 6 e 6 Plus, criando agora uma galeria de vídeos capturados com o aparelho. Show, né? O objetivo é destacar as qualidades da sua câmera em termos de estabilidade, cores, luminosidade e também no uso de recursos como o modo câmera lenta (SloMo) e o time-lapse, que é aquela técnica mista de fotografia e vídeo. Adorei a ideia! Agora dá uma olhadinha nestes 7 vídeos publicados pela Apple, cada um com 15″ de duração:

E aí, o que você achou dos vídeos? Já fez algum vídeo incrível com seu iPhone também? Conta pra mim!




fluxo de caixa

fluxo de caixa

O fluxo de caixa constitui-se em um instrumento de gestão financeira que projeta para períodos futuros todas as entradas e saídas de recursos financeiros de determinadas empresas. Possibilita também a indicação de como será o saldo de caixa para o período projetado. É um instrumento de gestão financeira extremamente importante para o Planejamento e Controle nas organizações, projeta para períodos futuros todas as entradas e as saídas de recursos financeiros da empresa, indicando como será o saldo de caixa para o período projetado. Um termo bastante utilizado no mercado é a expressão Fluxo de Caixa em inglês, “Cash-Flow”. Não adianta para as empresas simplesmente efetuar as operações rotineiras de Recebimentos e Pagamentos de recursos se as mesmas não tiverem uma visão dos seus saldos de Caixa num futuro de Curto e Longo Prazo, para tomada de decisões. Assim, o Fluxo de Caixa representa uma ferramenta útil e necessária para as empresas, pois permite o Planejamento e o Controle das Entradas e Saídas de Recursos durante um período determinado. O conceito de Fluxo está associado ao fato de que os Saldos Finais de Caixa no período 1 serão os Saldos Iniciais de Caixa no período 2, representados por dias, semanas, meses, etc. São diferentes os planejamentos adotados para o fluxo de caixa. Martins (2009) orienta que, nas empresas de pequeno porte, a projeção do fluxo de caixa para um período de quatro a seis meses constitui-se em tempo suficiente para a gestão do capital de giro. Ao final de cada mês projeta-se novamente para os períodos seguintes, de modo que sempre se tenha informações para um horizonte de quatro a seis meses.




elementos essenciais do projeto de pesquisa científica

elementos essenciais do projeto de pesquisa científica

Os elementos essenciais para a elaboração de um Projeto de Pesquisa são os seguintes:Título (o que pesquisar?): apresenta a área de interesse a ser pesquisada, já delimitada em alguns aspectos: assunto, população, instituição, período, etc. Pode ter uma conotação criativa e singular. Aparece na capa e folha de rosto sem constar a palavra “título”.Justificativa (por que pesquisar?): É o momento do/a pesquisador/a convencer de que o projeto é importante, que possui relevância científica, que vai trazer contribuições. É o convencimento de que o trabalho de pesquisa é fundamental e deve ser efetivado, de que o tema/título escolhido é de suma importância, para a sociedade ou para algum grupo específico de indivíduos. Devemos tomar cuidado, na elaboração da justificativa, de não justificar a hipótese levantada, ou seja: tentar responder ou concluir o que vai ser buscado no trabalho de pesquisa. Não tentar antecipar os resultados da pesquisa. A justificativa exalta a importância do tema a ser estudado, ou justifica a necessidade imperiosa de se levar a efeito tal empreendimento. Também, nessa etapa, devem ser colocadas as motivações pessoais que levaram o/a pesquisador/a a escolher o tema. Pode ser colocada, resumidamente e de forma objetiva, a trajetória de vida do/a pesquisador/a que o/a qualifica para o trabalho de pesquisa. Definição do problema (quais as perguntas/dúvidas que quero responder com essa pesquisa?): Recorte na realidade, delimitação do tema. Nos primeiros projetos é mais fácil formular de forma interrogativa, pois facilita a redação e compreensão. Se não há problema, se não há dívida, não há motivo para realizar a pesquisa. Severino (1996, p.75) dá uma dica muito importante para compreender este passo do projeto: “[...] antes da elaboração do trabalho, é preciso ter ideia clara do problema a ser resolvido. Exige-se consciência da problemática específica relacionada com o tema abordado de determinada perspectiva, cuja natureza especificará o tipo e o método de pesquisa e de reflexão a serem utilizados no decorrer do trabalho”. Objetivo(s) (para que pesquisar?): “Uma vez estipulado o que será estudado no trabalho, deve-se ainda esclarecer no projeto o objetivo do trabalho, ou seja, o que se pretende com a proposta apresentada” (BARRAL, 2003, p.73). Quais as metas que pretendemos alcançar ao final da pesquisa? A definição do(s) objetivo(s) determina o que o/a pesquisador/a quer atingir com a realização do trabalho de pesquisa. Objetivo é sinônimo de meta, fim. Iniciamos a formulação de um objetivo com um verbo no infinitivo. Os verbos, no infinitivo, mais utilizados na formulação de objetivos são: Demonstrar, avaliar, caracterizar, comparar, correlacionar, descrever, diagnosticar, diferenciar, identificar, classificar, conceituar, categorizar, desenvolver, dimensionar, enumerar, formular, listar, organizar, operacionalizar, propor, relacionar, selecionar, verificar (MARQUES; MANFROI; CASTILHO; NOAL, 2009, p.100). Podemos ter vários objetivos estipulando diversas metas com o trabalho científico, ou optarmos por definir objetivo geral (O quê? Para quê?) e outros objetivos específicos (detalhamento do objetivo geral em ações mais imediatas e menos amplas que, efetivadas, leva ao alcance do objetivo geral). Exemplo:Objetivo Geral: demonstrar, por meio da análise das legislações pertinentes e decisões jurisprudenciais os reflexos jurídicos do trabalho escravo após a Constituição Federal de 1988, tanto para o empregador quanto para o empregado.




alguns critérios para a segmentação do mercado

alguns critérios para a segmentação do mercado

A segmentação geralmente envolve a divisão do mercado por uma sucessão de variáveis que permitam quantificar e localizar os prováveis consumidores através dos canais de distribuição ou da propaganda segmentada. O gestor comercial deve escolher as variáveis por dois critérios básicos: a)    Sua linha de produtos também é segmentada; b)    A possibilidade de colher as informações. Segmentação geográfica: Considera o local em que o consumidor está - país, estado, região, cidade, bairro, rua, etc.Segmentação demográfica: Na segmentação demográfica, o mercado é subdividido - idade, sexo, o tamanho da família, a renda, a profissão, a instrução, o ciclo de vida da família, a religião, a nacionalidade ou a classe social.Segmentação psicográfica: As variáveis psicográficas se referem ao indivíduo e aspectos tais como o estilo de vida, personalidade, motivos de compra, e conhecimento e utilização do produto. As pessoas dentro do mesmo grupo demográfico podem exibir traços amplamente diferentes.Segmentação por Volume: Alguns mercados podem ser segmentados em pequenos, médios e grandes, conforme o volume de consumo.

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil