Tênis rainha circuit cinza e laranja | netshoes com melhor preço

Vendido e entregue por Netshoes

36% OFF
Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja Netshoes!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja Netshoes.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!
Detalhes de Tênis rainha circuit cinza e laranja | netshoes

Descrição

Desenvolvido para mulheres esportistas, modernas e versáteis, o Tênis Rainha Circuit garante conforto, ...

Não perca a oportunidade de comprar Tênis rainha circuit cinza e laranja | netshoes pelo melhor preço!Compre agora diretamente na loja Netshoes com toda segurança

Quero ir à lojaComprar este produto


petróleo: concepções e fundamentações

petróleo: concepções e fundamentações

Denotado como o “ouro negro”, o petróleo atualmente consiste em um relevante produto da sociedade moderna, uma vez que se pode encontrá-lo na maioria dos percursos cotidianos, como em seus derivados combustíveis, que são empregados em distintos meios de transporte bem como nas indústrias de alimentos e petroquímicas, com diferentes produtos, como asfaltos, tintas, parafinas, solventes, fertilizantes, resinas, tubos de PVC, gomas de mascar, dentre outros. Observa-se, por meio de uma pesquisa realizada no ano de 2008, que o consumo de petróleo e gás natural atingiu cerca de 59% ( cinquenta e nove por cento) de todas a energia que é consumida em âmbito mundial. Este percentual encontra-se acima do carvão com um índice de 27% (vinte e sete por cento) e energia nuclear e hidroelétrica, estas que representaram índices de aproximadamente 13% (treze por cento). No Brasil, há que se enfatizar que o petróleo e seus derivados possuem extrema significância, com percentuais que representam cerca de 49% (quarenta e nove por cento), hidroelétricas com 16,4 % (dezesseis vírgula quatro por cento), carvão mineral representando um índice de 1,7% (um vírgula sete por cento) e biomassa com 27% (vinte e sete por cento). Diante desta realidade, cria-se como importante efetivar fundamentações a propósito do petróleo, e, inicialmente pode-se analisar que o vocábulo advém do latim petra, que significa pedra e oleum, relacionado a óleo. O petróleo consiste em uma substância com teor oleoso, inflamável e com uma peculiar fragrância. Igualmente, sua densidade é menor que a água e a cor situa-se entre o negro e castanho escuro, incidindo em produto com procedência orgânica, compreendendo como uma associação de moléculas de carbono e hidrogênio. Além disso, discute-se que a origem do petróleo também esteja atrelada à decomposição dos seres que fazem parte do plâncton. Esta decomposição dos seres significou, no período de milhões de anos, em uma acumulação nas profundezas de mares e lagos, sendo comprimidos por meio dos movimentos da costa terrestre e que, deste modo, transformou-se no conteúdo oleoso denominado petróleo. Sopesa-se que, diferentemente do que se discutia, o petróleo não continua impregnado na rocha em que foi produzido, denotada de rocha matriz, e sim movimenta-se em direção a um terreno adequado para se inserir e concentrar, este alcunhado de bacias sedimentares e que são constituídas por camadas ou lençois porosos de areia, calcários ou arenitos. Nestes locais, o petróleo se instala, preenchendo os poros rochosos de maneira semelhante a lagos, e, com o seu acúmulo, são concebidas as jazidas, e, nestas podem ser localizados em um segmento mais elevado o gás natural e no setor mais baixo com águas, verifica-se a presença do petróleo.




a importância da área de retenção de clientes dentro do processo de planejamento

a importância da área de retenção de clientes dentro do processo de planejamento

Os clientes são diferentes e exigem necessidades diferentes. Segundo a Lei de Pareto dos 80/20, que significa que, em média, 80% do faturamento de uma empresa são atribuídas as compras de 20% do seu consumidor. Indicando, dessa forma, que os clientes precisam ser atendidos em sua diferenciação. Nessas estratégias de retenção, objetivando-se os resultados positivos financeiros, resultará positivamente também quanto mais a empresa conhecer essas diferenças: • O que seu consumidor compra? • Quais produtos e/ou serviços de sua preferência • Qual sua utilização frequente? • Quando ele precisa mais e por quê? • Qual valor de ticket médio que ele realiza? • Quais canais ele utiliza mais para comprar? Conhecendo melhor suas preferências de relacionamento com a empresa, ela poderá organizar-se e planejar melhor suas ações de retenção com foco na realidade de sua base de clientes. As empresas, para planejarem ações de retenção, precisam conhecer qual a maior necessidade dos seus clientes com relação a terem utilizados dos seus produtos e/ou serviços. A fidelização é uma constante na vida da relação cliente-empresa. Se essa relação no primeiro contato for negativa, as chances de continuidade podem cair por terra. Tanto o vendedor na linha de frente, que é muitas vezes a primeira pessoa de contato, ou outro qualquer outro canal de contato da empresa estiver despreparado para atender ao consumidor que o procura, a imagem e percepção do consumidor será a falta de preparo e falta de estrutura da organização para atender às suas necessidades. Porém se nesse primeiro contato, seja ela uma dúvida, uma prospecção, mas o contato com o cliente for positivo, o cliente ficará surpreendido e sua percepção poderá ser de desejo de adquirir o produto e/ou serviços e de se tornar um cliente, além de recomendar a seus amigos e parentes se sua experiência com a empresa continuar a ser positiva. O cliente também, nesse cenário de redes sociais, além de gostar da empresa, ele participa e compartilha suas experiências, dando sugestões e ajudando a empresa a aperfeiçoar-se. Em algumas mídias sociais, o cliente que é bem atendido monta microblogs, coloca filmes de declaração sobre a empresa, elogia a mesma, bem como seu produto e/ou serviço que ele utiliza dela.




o plano de negócio como ferramenta de gerenciamento

o plano de negócio como ferramenta de gerenciamento

Para que o plano de negócios possa se tornar um instrumento eficaz de gerenciamento é importante que as informações nele existentes possam ser divulgadas internamente a empresa de forma satisfatória. Boas informações trancadas em uma gaveta ou perdidas em uma montanha de papéis na mesa de um executivo não são propriamente utilizáveis e acabam fatalmente por cair no esquecimento. Dessa forma, as informações apresentadas no plano de negócios devem também ser utilizadas internamente, guiando e validando os esforços de melhoria da empresa. Para que isso aconteça é necessário, então, que exista monitoramento periódico da situação atual em relação aos números previstos, ou metas, do plano. Existem inúmeras fontes de ideias sobre oportunidades, que podem ser divididas nos seguintes grupos: • Fontes no ambiente interno de empresas – geralmente se relacionam a uma ou várias necessidades de determinadas empresas de um ramo; • Fontes relacionadas ao ambiente externo nacional, como necessidades não satisfeitas, deficiências, “hobbies” ou modismos, imitação criativa, patentes e licenças, feiras nacionais, entre outras; • Fontes relacionadas ao ambiente externo internacional – novidades trazidas do exterior, câmaras de comércio, agentes de comércio exterior, catálogos e feiras internacionais. • Fontes relacionadas ao ambiente futuro – são as dos negócios que exploram conceitos vanguardistas, ligados a futuras mudanças. O conhecimento de alguns aspectos da vida das empresas deve permitir a avaliação do grau de atratividade do empreendimento, subsidiando a decisão do futuro empresário na escolha do negócio que pretende desenvolver. Basicamente, os riscos do negócio referem-se a: • Sazonalidade: Caracteriza-se pelo aumento ou redução significativas da demanda pelo produto em determinada época do ano. Os negócios com maior sazonalidade são perigosos e oferecem riscos que obrigam os empreendedores a manobras precisas. Quando em alto grau, é considerado fator negativo na avaliação do negócio.• Efeitos da economia: Análise da situação econômica é questão importante para a avaliação da oportunidade de negócio, já que alguns deles são gravemente afetados, por exemplo, por economias em recessão.• Controles Governamentais: Setores submetidos a rigorosos controles do governo, nos quais as regras podem mudar com frequência, oferecem grande grau de risco e são atraentes para pequenos investidores.• Existência de Monopólios: Alguns empreendedores podem enfrentar problemas por atuar em áreas em que haja monopólios formados por “mega organizações”, que dominam o mercado, definido as regras do jogo comercial. No Brasil, a comercialização de pneus, produtos químicos em geral e tintas são exemplos típicos de segmentos fortemente monopolizados.• Setores em estagnação ou retração: Nesses setores há uma procura menor que a oferta de bens/serviços, o que torna a disputa mais acirrada. Nas épocas de expansão e prosperidade de negócios, ao contrário, novos consumidores entram no mercado, promovendo a abertura de novas empresas.• Barreiras à entrada de empresas: Referem-se a obstáculos relacionados com: exigência de muito capital para investimento; alto e complexo conhecimento técnico: Dificuldades para obtenção de matéria-prima; Exigência de licenças especiais; Existência de contratos, patentes e marcas que dificultam a legalização da empresa e outras.




a sua voz como instrumento de trabalho

a sua voz como instrumento de trabalho

Nossa voz, devido ao aparelho fonológico humano, possui ondas chamadas de ondas sonoras as quais se encarregam de disseminar o som na atmosfera. Portanto, ondas sonoras são carregadas de energia e refletem também o nosso estado de espírito. O tom de nossa voz demonstra se estamos preocupados, alegres, animados ou depressivos. Além de expressar se estamos apressados, irônicos, agitados ou calmos. E outros à nossa volta podem perceber o nosso estado de espírito pelo tom de nossa voz, especialmente se forem pessoas perspicazes como geralmente os clientes são, em face de alguém que os atende pessoalmente ou mesmo por telefone, e rapidamente reconhecem se há algo errado com a pessoa que os atende e se está atendendo de má vontade. Algumas desculpas esfarrapadas que ouvimos muitas vezes quando vamos reclamar de um serviço ou de um produto, nos dão de imediato várias pistas sobre a motivação ou desmotivação de quem nos atende. Os clientes particularmente se irritam quando alguém lhes diz num tom que soa frio ou falso: Desculpe nosso sistema está fora do ar ou ficou fora do ar durante duas horas e causou um grande congestionamento. Assim, não vamos poder mandar o técnico à sua casa amanhã, como havíamos prometido. E tem mais, o nosso próprio inconsciente nos prega peças quando, por exemplo, cometemos o que em psicanálise se chama um ato falho. Isso é, dizemos exatamente o contrário do que queríamos dizer, mas o que dizemos com esses atos falhos é que estamos mentindo. Outro ponto de grande importância, para todas as pessoas que lidam com o público é saber escutar! Isso porque a escuta compreende a captação das nuances contidas numa fala. Essa captação tem a ver com o nosso aparelho perceptivo, isto é com a nossa percepção.


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil