Smartphone sony xperia z3 compact branco com 4,6? , 4g, android 4. 4, quad-core 2. 5 ghz, 16 gb e câmera de 20,7 mp com melhor preço

Vendido e entregue por Fastshop

Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja Fastshop!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja Fastshop.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!
Detalhes de Smartphone sony xperia z3 compact branco com 4,6? , 4g, android 4. 4, quad-core 2. 5 ghz, 16 gb e câmera de 20,7 mp

Design à prova d’água que lhe permite fazer mais, O Xperia Z3 Compact é o smartphone projetado para melhorar a sua ...

Não perca a oportunidade de comprar Smartphone sony xperia z3 compact branco com 4,6? , 4g, android 4. 4, quad-core 2. 5 ghz, 16 gb e câmera de 20,7 mp pelo melhor preço!Compre agora diretamente na loja Fastshop com toda segurança

Quero ir à lojaComprar este produto


central do cidadão e atendimento do stf

central do cidadão e atendimento do stf

Inaugurada em 21 de maio de 2008, a "Central do Cidadão" foi criada com a principal missão de servir de canal de comunicação direta do cidadão com o Supremo Tribunal Federal (STF). Depois de dois anos de funcionamento, e buscando aperfeiçoar e modernizar a central, o STF decidiu, em maio de 2010, expandir esse serviço, criando a "Central do Cidadão e Atendimento" (CCA).

Consolidada na estrutura do tribunal, a área orienta e transmite informações sobre o funcionamento da Suprema Corte, bem como promove ações que visam à melhoria contínua do atendimento ao público, no âmbito do STF, sempre com o objetivo de elevar os padrões de transparência, presteza e segurança das atividades do Supremo.

Além de prestar informações sobre o funcionamento do STF, serviços oferecidos e o andamento dos processos em tramitação, a Central é responsável pela recepção das correspondências enviadas à corte, bem como pelo envio de respostas aos interessados.

Confira a lista de atribuições da Central do Cidadão e Atendimento:Transmitir informações sobre o funcionamento do STF, sobre os serviços que a corte presta e sobre o andamento dos processos em tramitação; Orientar os usuários, receber sugestões, reclamações, críticas e elogios acerca das atividades do tribunal; Receber cartas do cidadão e respondê-las; Receber cartas que reclamem providências jurisdicionais garantidoras do direito de ir e vir (habeas corpus) e dar prosseguimento aos pedidos; Protocolar e encaminhar à unidade competente as petições iniciais e as destinadas à instrução de processos judiciais em trâmite; Receber e providenciar a carga de processos em tramitação no tribunal; Possibilitar a vista e a obtenção de cópias de processos; Providenciar a expedição de certidões; Promover ações que visem à melhoria contínua do atendimento ao público, no âmbito do STF.

A área está instalada no pavimento térreo do anexo II do Supremo Tribunal Federal, em amplo espaço, de 1.700 m², especialmente preparado para esse fim, congregando quase todos os serviços oferecidos aos cidadãos, advogados, jurisdicionados e demais beneficiários.

A filosofia dessa expansão, pioneira em cortes superiores, é a de racionalizar os serviços oferecidos, a fim de torná-los mais simples, mais céleres e mais eficazes, com maior conforto aos usuários.

No espaço da CCA, estão reunidas: a Central do Cidadão, a Seção de Protocolo e Atendimento Presencial e a Seção de Atendimento Não Presencial. A OAB e a Defensoria Pública também integram a unidade, com salas destinadas ao atendimento de advogados, defensores e cidadãos.




a importância do líder

a importância do líder

A ideia de participação e valorização do potencial criativo do corpo de funcionários como um todo é a nova tendência. Porém, em meio a este novo modelo gerencial, onde há a participação mais ativa de todos os funcionários, não se devem colocar de lado os conceitos de liderança e autoridade, para que não se construa um ambiente anarquizado. HUNTER (2004, p. 62) define como liderança influenciar pessoas a que realizem suas tarefas buscando um objetivo comum. O uso da autoridade explícita dificultará o relacionamento de confiança entre chefias e subordinados, quebrando, assim, o conceito de administração moderna. Portanto, o senso de autoridade deve surgir naturalmente e não ser imposto. A melhor forma de construí-lo é suscitar a admiração, mostrar interesse e sacrificar-se pelo outro, com o objetivo de inserir na equipe o pensamento “Você me serve e eu o servirei, e se você se arrisca por mim, eu me arriscarei por você” (idem, p 67). A figura do líder é muito importante para o sucesso de qualquer equipe. Não mais a figura do chefe carrancudo e inacessível. O líder está para guiar, apoiar e proporcionar espírito de equipe ao grupo de trabalho. Cada pessoa tem um modo especial de interpretar situações, tem talentos e visões diferentes. Aí entra o papel fundamental do líder, que deve estimular e fazer com que os colaboradores participem, organizem-se e interajam com os processos da empresa. O líder deve identificar as características pessoais de cada colaborador e direcionar a força comportamental em direções construtivas, formando assim, equipes de trabalho. Esse direcionamento das capacidades, juntamente com a motivação é que resultarão na excelência de um produto e serviços. Apesar das muitas teorias existentes sobre a motivação, como vimos anteriormente, os gerentes e líderes sabem da necessidade de motivar sua equipe, porém sentem-se perdidos na hora de decidir como fazê-lo. A realidade é que as pessoas são diferentes, têm expectativas e fatores motivadores variáveis. A grande responsabilidade do líder é sentir em sua equipe, individualmente, que recurso motivador é mais adequado, e quais são os fatores desmotivadores. O líder, além de ser sensível às necessidades e linhas de comportamento, deve saber como lidar com as pessoas, evitar deixá-los sob pressão, e demonstrar confiança, podendo assim visualizar o desempenho de cada um. É importante também evitar conflitos, tanto diretamente com o colaborador, quanto entre colaboradores. Um clima saudável gera melhores resultados. Para KANAANE (1995, p. 32), o nível de interação que cada grupo de trabalho ou empresa terá, será o resultado direto da maneira como cada indivíduo se comporta. Poderá haver desde cooperação e participação, relações facilitadoras a conflitos, competições exacerbadas, rivalidade e disputas. Todas essas consequências naturais das relações dos seres humanos. O clima organizacional é de responsabilidade dos líderes, que devem observar e anular comportamentos negativos, utilizando-se dos conceitos de liderança e autoridade a fim de manter o grupo de trabalho unido. Um grupo motivado nos objetivos comuns da empresa, com um clima favorável, tem seu desempenho aumentado. A cultura organizacional também deve estar adequada aos conceitos de administração moderna, oferecendo segurança, oportunidades, transparência, valores, comunicação, treinamento e oportunidade de desenvolvimento (MOURA, 1990, p. 86).




conceitos de resíduos de saúde

conceitos de resíduos de saúde

Histórico Até a década de 80, os resíduos de saúde considerados perigosos incluíam aqueles provenientes de hospitais. A denominação de lixo hospitalar tornou-se comum quando os resíduos não eram gerados em unidades hospitalares. Com as discussões sobre os problemas ambientais ocorrendo em níveis diferenciados na sociedade, esse termo foi substituído por resíduos sólidos de serviços de saúde (RSS) que engloba os resíduos produzidos por todos os estabelecimentos prestadores de serviços de saúde; hospitais, ambulatórios, consultórios médicos e odontológicos, laboratórios farmácias, clinicas veterinárias, entre outros. A Associação Brasileira de Normas Técnicas; NBR 12.807/93 conceitua: Resíduo de serviço de saúde como sendo o produto residual, não utilizável, resultante de atividades exercidas por estabelecimento prestador de serviço de saúde. As normas técnicas determinam responsabilidades específicas para os geradores destes resíduos. Responsabilidade Os municípios estão isentos da responsabilidade sobre os resíduos de saúde gerados dentro de sua área física, nem sempre esta informação técnica é conhecida dos responsáveis públicos pelo setor de Gestão de Resíduos assim, muitos municípios ainda assumem o papel da coleta transporte e destinação final dos resíduos de saúde, apesar do potencial risco de contaminação destes resíduos. Realizam a coleta, sem nenhum tratamento prévio, de forma conjunta com resíduos domiciliares e destinados de maneira irregular, gerando problemas legais aos municípios, não só em relação à saúde pública (já que possivelmente possa ocorrer contágio destes resíduos pela convivência de catadores ou de coletores), mas também, quanto às questões ambientais, já que as contaminações de solo ou do lençol freático serão inevitáveis com a decomposição destes materiais. Assim a exposição a microrganismos patológicos é apenas um dos riscos ocupacionais no processo de trabalho dos que manuseiam resíduos. À medida que estes microrganismos encontram um vetor, podem ocorrer diversas doenças infectocontagiosas. No Brasil, raras são as unidades de saúde que consideram a prevenção dos contágios através dos resíduos com a devida importância, não havendo inclusive a preocupação com a saúde dos trabalhadores, representada por esterilização de perfurocortantes, treinamento e desinfecção. Dificilmente, em municípios do interior ou em comunidades pequenas onde possuam postos de saúde encontra-se recipientes rígidos utilizados para descarte de agulhas e bisturis, com a finalidade de reduzir ou eliminar os acidentes. A ausência do descarte correto de perfurocortantes, associada a um gerenciamento inadequado, pode acarretar acidentes, proporcionando contágios de doenças infecciosas, ou ainda o “reaproveitamento” de seringas e agulhas pelos catadores de lixo existentes nos diversos aterros sanitários, que se beneficiam do comércio estes produtos.




ética e valores: em busca de um novo modelo de gestão

ética e valores: em busca de um novo modelo de gestão

Estamos vivendo a Era da Convergência, na qual as ciências tornam-se fragmentadas, com mudanças integradas e multifuncionais, na busca da convergência ética. Peter Drucker disse que a função de uma profecia não é prever o futuro, mas criar o futuro, o tempo é o recurso mais importante dos recursos não renováveis. Convergência e sustentabilidade não podem estar separadas, mas devem criar condições e desafios para o crescimento organizacional. Sustentabilidade significa olhar simultaneamente a curto e em longo prazo, conhecer as coisas em amplitude e não em profundidade, ter profissionais com outras características que sejam capazes de aprofundar seus conhecimentos. O número de variáveis a serem analisadas para a tomada de decisão tende a ser maior, têm-se que ser mais rápido em aperfeiçoar métodos para eliminar as barreiras internas que separam as pessoas, os departamentos e os estímulos à inovação. Fazer a simplificação transformando a aprendizagem e educação contínua em vantagem competitiva e desenvolvimento sustentável. Aprimorar as pessoas é que promove a sustentabilidade, não adianta sofisticar e não evoluir, o progresso depende das pessoas, não adiantará de nada ter o melhor se todos os envolvidos não tiverem acesso. Carlos Hilsdorf1 descreve as sete prisões do homem moderno: 1. Eu não penso; 2. Eu não sei; 3. Eu não me importo; 4. Eu estou muito ocupado: se dedica a algo urgente, não faz o que é prioritário, existem as oportunidades e as perdas dessas oportunidades nos deixam mal; 5. Eu vivo bem sozinho: fobia social (terapia cognitiva) é a doença mais antiga o mundo, porque está ligado ao egoísmo; 6. Eu não tenho tempo: administração do tempo, na verdade se administra as tarefas e as pessoas no tempo; 7. Eu não estou interessado: há dois tipos de interesse, o interesseiro no capitalismo selvagem, e o interessado que é aquele que não vive bem sozinho e olha para o interesse alheio e se pré-dispõe a fazer alguma coisa. Para viver a era da convergência é necessário se livrar das sete prisões humanas e começar a entender que fazemos parte de uma sociedade, mudar nossos princípios éticos e morais, colocando o ambiente acima das necessidades individuais.


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil