Smartphone samsung g313 galaxy ace 4 lite duos, desbloqueado dual 4gb 3mp 4' - preto - único com melhor preço

Vendido e entregue por C&A

Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja C&A!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja C&A.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!


empreendedorismo: os empreendedores

empreendedorismo: os empreendedores

Os empreendedores são seres paradoxais. Eles buscam a independência, esperando assim tomar nas mãos o próprio destino frente à sociedade, mas necessitam sistematicamente do meio no qual agem para terem ideias, recursos para o desenvolvimento de organizações e novas informações para prosseguir com os projetos. É verdade que existem diversos tipos de empreendedor, que seguem diversos processos não somente para criar empresas, mas para fazê-las crescer. Distinguir as múltiplas facetas que os empreendedores podem assumir, é difícil, e muitas análises a respeito são contraditórias, ainda mais porque as obras científicas parecem confundir os empreendedores e suas novas empresas. Do mesmo modo como ninguém é criminoso por natureza, também não se nasce empreendedor, torna-se um, parafraseando Sophie Boutillier (2003). Como toda ação humana, tornar-se empreendedor, criar uma empresa ou nela efetuar mudanças é uma atividade “imersa na história global do assunto que a completa” (BOURDIEU, 1987), mas também no ambiente que a possibilita e a apoia. Sua própria história dá ao empreendedor algumas direções e o favorece a seguir com maior ou menor dinamismo; mas o sucesso depende do apoio do meio que o cerca e principalmente de outros empreendedores próximos. O empreendedor está, na maioria das vezes, imerso em um território, e tira vantagens desse enraizamento. Sua história não é, portanto, efeito do acaso, nem é fruto da racionalidade redutora da teoria econômica, baseada no egoísmo individual e na simples busca do lucro. Ela inscreve-se nas origens e no caminho percorrido pelo indivíduo que, sozinho ou em grupo, finalmente decide lançar-se aos negócios. E isso vale tanto para empreendedores que criam novas empresas, autônomos que mantém o mínimo possível de estruturas organizacionais ou empresários que assumem empresas já criadas quanto para empreendedores que transformam suas empresas. Qualquer história de empreendedorismo começa com as características inatas do indivíduo e com a formação social de certas disposições nos primeiros anos de vida, que os psicólogos da infância chamam de compartilhamento de elementos de humanidade. É o período da aquisição da confiança em si, maior ou menor, da autonomia sobre a dúvida, do sentido de iniciativa sobre a culpabilidade e da identidade sobre a confusão de papéis. Mas, embora uma criança de três, sete ou doze anos possa assumir naturalmente a liderança nas brincadeiras com amigos ou colegas de classe ou dirigir equipes em associações de jovens, por exemplo, isso de forma alguma é um indicativo de que manterá a capacidade de liderança no decorrer da vida ou de que tenha propensão a se tornar um líder empresarial.




situando a pesquisa qualitativa

situando a pesquisa qualitativa

A pesquisa qualitativa recobre, hoje, um campo transdisciplinar, envolvendo as ciências humanas e sociais, assumindo tradições ou multiparadigmas de análise, derivadas do positivismo, da fenomenologia, da hermenêutica, do marxismo, da teoria crítica e do construtivismo, e adotando multimétodos de investigação para o estudo de um fenômeno situado no local em que ocorre, e enfim, procurando tanto encontrar o sentido desse fenômeno quanto interpretar os significados que as pessoas dão a eles. O termo qualitativo implica uma partilha densa com pessoas, fatos e locais que constituem objetos de pesquisa, para extrair desse convívio os significados visíveis e latentes que somente são perceptíveis a uma atenção sensível e, após este tirocínio, o autor interpreta e traduz em um texto, zelosamente escrito, com perspicácia e competência científicas, os significados patentes ou ocultos do seu objeto de pesquisa. Godoy (1995) explicita que a pesquisa qualitativa não busca enumerar ou mesmo medir os eventos estudados. Não se utiliza de instrumentos estatísticos na análise dos dados. As questões que representam o ponto de partida de tais pesquisas são geralmente amplas e vão sendo delimitadas à medida que o estudo evolui. Trabalha com a obtenção de dados descritivos sobre pessoas, lugares e interação a partir do contato direto do pesquisador com o objeto de estudo. O pesquisador busca compreender os fenômenos a partir da perspectiva dos sujeitos. Enfim, o que é Pesquisa Qualitativa? É o tipo de pesquisa que está envolvida em ouvir as pessoas,explorando suas ideias e preocupações sobre determinados assuntos; Os participantes da pesquisa, por meio de suas interações com o pesquisador, podem direcionar o rumo da pesquisa; É menos controlável por ser mais participativa; É aquela que trabalha com descrições, comparações e interpretações; Visa entender em profundidade um problema específico, sem uso de regras, estatísticas e outras generalizações.




comportamento do líder de equipe

comportamento do líder de equipe

Algumas características são fundamentais ao líder de equipe, já que ele diferencia-se devido trabalhar em conjunto com outras pessoas.

As características que engloba um líder de equipe são:

Ter espírito de equipe; Ouvir mais do que discursar; Elogiar mais do que criticar, sem deixar de ser franco; Estimular as ações, ou seja, dar motivos para a ação de cada membro da equipe; Expor suas ideias sempre com clareza e com a força do convencimento; Transmitir confiança e entusiasmo, fazendo com que cada liderado descubra o seu verdadeiro potencial; Ter visão conectada à ação; Ser firme nas suas posições; Possuir competência teórica e prática; Ser exemplo aos demais; Administrar o seu tempo; Delegar com segurança; Ser ponderado nas suas colocações.

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.




você sabia que o orkut sai do ar hoje?

você sabia que o orkut sai do ar hoje?

Gente, momento nostalgia aqui, viu? Hoje o Google vai retirar do ar definitivamente o Orkut, que já foi a maior rede social do país. Segundo dados de pesquisas da época 82% dos brasileiros online passavam, em alguma hora do dia, pelas comunidades, perfis e scraps desse ambiente criado por um programador turco (Orkut, pasme, era o nome dele!) mas que fez sucesso incrível por aqui. O auge da rede social  por aqui foi por volta de 2005, quando as comunidades mais famosas (Eu odeio acordar cedo, Por que a Hello Kitty não tem boca, Por que o quadro negro é verde, entre outras) hospedavam discussões, memes e piadas atualizadas minuto a minuto, você lembra? E perfis famosos, como a da paulista Katilce que subiu no palco no show do U2 e bateu o recorde com 1 milhão de scraps? Aliás, você lembra o que era um scrap, né? Bom, na verdade, ele servia para quase tudo, de pedido de casamento a bronca de patrão. rsrs Eram rápidas mensagens que você deixava no perfil de seu amigo. Ai que divertido lembrar disso gente!

Até a nossa equipe tinha uma comunidade por lá, sabia? A turma compartilhava informações legais e queria conhecer colaboradores de outras lojas, muito legal mesmo.

O Orkut começou a perder impacto ali por 2011 quando o Facebook foi, lentamente, atraindo mais e mais usuários até desbancar a primeira tentativa de rede social do Google. Aliás, a marca tentaria outra vez com o Google Plus, sem atingir o mesmo sucesso. Uma pergunta que ocorre a muita gente é, se era tão acessado por aqui por que o Google não investiu em sua manutenção? É assim ó: segundo o post oficial da própria empresa, YouTube, Blogger e o próprio Google Plus acabaram por herdar muitas das funções da antiga rede, o que motivou a concentrar as energias nelas e não no fundador da turma toda. Enfim, coisas do Google, né? Mas, e aí, como faz para recuperar as informações por lá? Ainda tem como? Se você correr tem: o Google criou uma ferramenta especial para isso, como avisei aqui neste post. Ela se chama TakeOut. Basta você acessar a ferramenta, logar com sua conta no Google e baixar todas as informações do Google, que deve estar marcado como única opção na lista. Gente, passei mesmo só para relembrar vocês deste momento. Fiquei nostálgica. Você tem alguma lembrança legal do Orkut? Então comenta aí!


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil