Pulseira double chains peninha prateada com melhor preço

Vendido e entregue por Amo Muito

Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja Amo Muito!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja Amo Muito.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!
Detalhes de pulseira double chains peninha prateada

Pulseira de correntinha dupla com pingente de peninha. Fecho em mosquetão com correntinha extensora. Estilo Boho Material: Metal Diâmetro: 5 cm; Pingente: A 2,3 x L1cm. Correntinha extensora: 3,5cm Peso: 9g

Não perca a oportunidade de comprar pulseira double chains peninha prateada pelo melhor preço!Compre agora diretamente na loja Amo Muito com toda segurança

Quero ir à lojaComprar este produto


salário-família

salário-família

É um benefício da Previdência Social, contendo características especiais, pois é devido a segurados em atividade e funciona em regime de compensação. Conforme citado, o Salário-Família é assegurado ao empregado (exceto doméstico) ou ao trabalhador avulso, sendo o seu valor calculado sobre o salário nacional que recebe e com relação a cada filho menor de 14 anos ou inválido. Não há limites para número de filhos, incluindo-se o enteado e o menor sem recursos, quando o segurado é tutor do mesmo. Estando pai e mãe segurados pelo salário-família, este é devido aos dois. Documentos Necessários para a concessão do salário-família: • Requerimento de solicitação do salário-família pelo empregado; • Certidão de nascimento; • Caderneta de vacinação; • Comprovante de frequência escolar – para filhos maiores de sete anos; • Para inválidos maiores de 14 anos – comprovação expedida pela perícia do INSS. Quanto ao pagamento do salário-família A organização efetua o pagamento do benefício e desconta o total pago do valor das contribuições que tem a recolher. Caso a empresa não pague os salários por mês, o benefício deverá ser pago diante do último pagamento do relativo mês. Para os trabalhadores avulsos, o sindicato que efetuará o pagamento, mediante convênio com o INSS. Demais beneficiados com o salário-família O benefício também se estende ao empregado ou trabalhador avulso que recebe auxílio-doença, aposentadoria por invalidez ou por idade, e a qualquer outro aposentado com mais de 65 (sessenta e cinco) anos de idade se for homem e 60 (sessenta) anos se for mulher. Nesses casos, o pagamento é realizado diretamente com o outro benefício, mas o salário-família não é incorporado a ele.




marketing transacional x marketing de relacionamento

marketing transacional x marketing de relacionamento

É o oposto do marketing de relacionamento, mas não quer dizer que são erradas ou ineficazes. Por outro lado existe o modelo always a share, em que os relacionamentos são em curto prazo. Já o modelo lost for good são os relacionamentos em longo prazo, nos quais os fornecedores e clientes investem recursos e tempo na construção do relacionamento, como exemplo, as compras repetidas e dependência entre as partes. São chamados de relacionamentos colaborativos, preferidos pelas empresas nos casos de poucas alternativas de fornecimento, mercados dinâmicos, compras complexas, consideradas estratégicas para a organização (HUTT & SHEH, 2001). Mercado corporativo Quando os clientes são organizações que compram bens e serviços para uso na produção de outros bens ou serviços e/ou para revenda (HUTT & SHEH, 2001). O mercado corporativo envolve muito mais recursos financeiros do que o mercado de consumo. Um exemplo é a General Motors, que gasta mais de R$ 70 bilhões anualmente em bens e serviços, mais que o dobro do PIB comparado a países como Irlanda ou Grécia. Os clientes organizacionais são divididos em três grandes grupos: empresas comerciais, clientes institucionais e governamentais. Há empresas que prestam serviços exclusivamente para comercializar seus produtos para outras organizações, como fabricantes e atacadistas, e têm as empresas de telefonia que atuam no mercado de consumo direto e sua atuação é forte no mercado industrial (KLEIN, 2003). Em todos os processos de compra os compradores reconhecem problemas, buscam informações, avaliam alternativas e engajam-se em processos pós-aquisição, mas a compra organizacional é um procedimento mais complexo que uma compra de consumo.Estágios da compra organizacional: 1. Reconhecimento do problema 2. Descrição geral da necessidade 3. Descrição detalhada das especificações do produto 4. Busca do fornecedor 5. Obtenção e análise de propostas 6. Seleção de fornecedor 7. Seleção da rotina de pedidos 8. Análise de desempenho




foco no cliente

foco no cliente

Proporcionar um bom atendimento vai muito além do que um simples atendimento. Estamos falando de encantar cada cliente e para isso, temos que ter bem claro o que é um bom atendimento. Você já parou para se perguntar quem são seus clientes? Se não, pare e se pergunte, porque para o cliente a empresa é você. O cliente não faz esta separação, ele não conhece a empresa como um todo e não sabe da política, das normas e regras que você tem a cumprir. O cliente está ali para ser ajudado diante de suas necessidades naquele momento, quando ele lhe procura está dizendo: ' Por favor, ajude-me? '. Ele não sabe exatamente o que deseja e precisa de alguma ajuda para descobrir. E, é a partir deste momento que ele cria a boa ou má impressão que têm com você e do modo como você o ajuda a suprir suas necessidades. Quando ouvir o seu cliente, seja receptivo, escute o que ele tem a dizer e não deixe de debater e contestar suas necessidades, perguntas e até mesmo sugestões. Os clientes estão sim, cada vez mais exigentes e para migrarem para um concorrente é muito rápido, principalmente se você não atingiu as suas necessidades ou manteve uma fidelidade no atendimento. Quem já não viu nas empresas alguns colaboradores com crachás, ou até mesmo estampados em seus uniformes - ‘em treinamento’ – logo pensamos, será que este colaborador ao terminar o treinamento estará preparado para um bom atendimento? Na realidade, ele está apenas começando. O que ele recebeu até então, foram instruções precisas. E, para que ele tenha um desempenho melhor na sua função, ele precisa de orientação, instruções e apoio. No processo de treinamento, alguém precisa dizer a ele exatamente o que ele necessita saber, fazer e como fazer, dando-lhe as ferramentas e as técnicas que a função exige. Trata-se apenas da ponta do iceberg, o que os colaboradores devem pensar é em uma aprendizagem contínua para um bom atendimento ao cliente e também devem ir em busca de informações que ampliem sua visão, pois, o conhecimento é fundamental e ele deve acompanhar as mudanças que estão a sua volta. Por isso, eles devem ser ágeis e flexíveis na interação com o cliente. Hoje em dia, a comunicação está muito rápida e fácil, o mundo se encontra totalmente conectado e o cliente não é só aquele que está na sua frente e sim aquele que está utilizando todos os meios de comunicação – celulares, pagers, correio de voz, e-mail, fax, videoconferência, salas de bate papo na internet, redes sociais etc… a concorrência é acirrada e ele está sempre em busca de novos negócios com um concorrente seu. A comunicação é um ponto fundamental entre o colaborador e o cliente, o que requer muito cuidado, já que estamos na era da tecnologia, aonde podemos nos comunicar com todos a qualquer hora e de qualquer lugar. Não podemos deixar que essas falhas na comunicação atrapalhe uma boa negociação ou o fechamento de um novo contrato. Saber se comunicar é cada vez mais importante e se você lida com pessoas, seu trabalho envolve comunicação, portanto, será necessário estabelecer esta ligação. Quando lidamos com pessoas devemos entender seus desejos, anseios e suas necessidades naquele momento, para que se estabeleça um vínculo de parceria e confiança. E, para que não haja falha na comunicação, esteja sempre atento para perguntar, olhar e ouvir o seu cliente e dê-lhe total atenção, para que você possa obter todas as informações precisas, para um bom atendimento e com isso, gerar bons resultados. Nesta busca de bons resultados, compete ao gerente estar sempre atento a ação de seu colaborador com um cliente, nesta ação é que o gerente tem como base o seu desempenho e a satisfação do cliente. Com isto, o gerente cria um cenário de como anda o seu colaborador e poderá descobrir como ele esta trabalhando e como poderá melhorar. O gerente tem que ser atuante, para identificar os diversos problemas que poderiam ser evitados e procurar melhorar cada vez mais a habilidade de seu colaborador de interagir com o cliente. Nesta troca de informações o gerente tem a habilidade para ajudar o seu colaborador a cumprir suas responsabilidades, auxiliá-los e ajuda-os a criar, manter e desenvolver a conexão com o cliente, seja ele, interno ou externo. Lembre-se o que você precisa passar para o cliente é: Confiabilidade – cumprir com o que foi prometido; Empatia – atenção individual com cada cliente; Segurança – transmitir o conhecimento do que você ofereceu ao seu cliente, mostrando-lhe confiança; Aparência – estilo de comunicação, aparência física e das instalações e Resposta – boa vontade em ajudar e a precisão das informações (antes, durante e depois) do atendimento.




asus revela novos produtos para ifa deste ano


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil