Celular smartphone samsung galaxy s5 g900 dourado -4g, tela 5. 1, câmera 16mp+frontal, quad core 2. 5ghz, 16gb, android 4. 4, resistente à água e poeira com melhor preço

Vendido e entregue por Clube do Ricardo

Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja Clube do Ricardo!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja Clube do Ricardo.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!


poder normativo

poder normativo

Segundo Letícia Queiroz de Andrade “Costuma-se chamar de poder normativo das agências reguladoras a competência a elas atribuída para expedição de normas gerais e abstratas pertinentes a sua área de atuação”. As agências reguladoras são essenciais para a atividade reguladora. Nesse sentido, a autora explica: “Não obstante as agências reguladoras se valham também de normas individuais e concretas para exercitar suas funções, a reserva da expressão ‘poder normativo’ para designar apenas as normas gerais e abstratas por ela produzidas, além de estar consagrada pelo uso corrente, justifica-se porque essa é a parcela de normas jurídicas de maior abrangência (tanto subjetiva quanto objetiva) e aptidão para permanência dessas normas no sistema jurídico deriva justamente de sua generalidade (...) e abstração (possibilidade de aplicação a um número indeterminado de casos concretos), e explica a importância que têm para a atividade de regulação.” Esse poder normativo das agências reguladoras não é ilimitado, é restrito. Hely Lopes Meirelles aduz: “Tem-se contestado o poder normativo conferido às agências, mas esse poder normativo há de se cingir aos termos de suas leis instituidoras e aos preceitos dos decretos regulamentadores expedidos pelo Executivo. Naquilo que extravasar desses parâmetros, a norma expedida pela agência será inconstitucional (MEIRELLES, 2000)”. Também a respeito do poder normativo, Floriano Azevedo Marques Neto afirma: “Se bem é verdade que a atividade regulatória não pode prescindir de uma forte e bem articulada base legal, certo também é a impossibilidade de que todo o arcabouço regulatório seja editado pelo Parlamento. A especialidade, a complexidade, a multiplicidade e a velocidade de surgimento das questões regulatórias determinam a necessidade de que parcela significativa da regulação estatal seja delegada ao órgão regulador”. Desta forma, conclui-se que o legislador, ao atribuir a competência para editar normas sobre matérias de sua alçada para as agências reguladoras, não estendeu essa competência para emanar normas de natureza constitucional, legislativa, jurisdicional ou privada, mas somente aquilo que couber à sua função.




o marketing direto

o marketing direto

O marketing direto é um processo de duas vias de comunicação de marketing por meio do qual as empresas interagem diretamente com os consumidores para trocar informações e vender produtos. O marketing direto também é pago pela empresa, que controla mensagem que seus clientes recebem. Nickels & Wood (1999) ressaltam que o marketing direto é uma forma extremamente poderosa de construir e manter relacionamentos com os consumidores. Em parte, segundo os autores, seu poder advém do controle exercido pela empresa sobre a troca de informação. Ele também existe por causa da capacidade da empresa de marketing direto coletar uma grande quantidade de informações a respeito do mercado alvo.Promoção de vendas A promoção de vendas consiste em incentivos de duração limitada que estimulam os membros da cadeia de valor e os consumidores finais a anteciparem uma compra, invés de deixá-la para depois. Tal incentivo pode ser um cupom de desconto, uma amostra, um display especial, uma oportunidade de ganhar um prêmio ou algo que tenha o potencial de mudar a maneira pela qual os clientes, parceiros da cadeia de valor e empregados percebem o valor do produto. Nickels & Wood (1999) destacam que, ao aumentar a atração de curto prazo do produto, uma promoção de vendas acelera as compras atuais e incentiva as compras repetidas.Relações públicas Relações públicas constituem-se em um processo de avaliar as atitudes dos grupos de interesse, identificando os produtos e atividades da empresa com os interesses destes últimos e utilizando comunicação não paga para construir relacionamentos de longo prazo com eles. As mensagens de RP não são diretamente pagas ou controladas pela empresa. Venda pessoal A venda pessoal é um processo de comunicação interpessoal no qual os representantes da empresa identificam clientes potenciais, examinam suas necessidades, apresentam informações sobre o produto, conseguem um compromisso, acompanham e mantêm os relacionamentos de troca com eles. A venda pessoal se baseia no contato pessoal para estimular a comunicação de duas vias. A venda pessoal ocorre em toda a cadeia de valor. Ela é amplamente utilizada no marketing interempresarial (organizacional), no qual os fornecedores de peças, matérias-primas, equipamentos industriais e serviços profissionais ajudam os consumidores organizacionais a realizar compras que irão atender a problemas específicos ou satisfazer necessidades específicas. Técnicas de suporte Por intermédio do marketing de causa uma empresa contribui para uma organização sem fins lucrativos cada vez que um cliente compra seus produtos. O objetivo é ligar um produto a uma causa específica, de forma que os consumidores possam se sentir bem comprando de uma empresa socialmente responsável. Ao comunicar esta ligação, a empresa constrói uma reputação de responsabilidade social e, neste processo, oferece apoio para uma causa que os consumidores apoiam.




e-learning: tecnologia a serviço do ensino

A globalização, as mudanças tecnológicas, a evolução dos meios de comunicação estão a todo o momento invadindo casas, empresas, escritórios e inclusive as salas de aula. A educação tem passado por um processo de mutação, principalmente quando falamos do termo Educação à Distância. Para quem ainda tem dúvidas sobre esse sistema educacional, aí vai o conceito: “Educação à Distância é o processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente”. Como já sabemos o que este termo significa no âmbito escola-aprendizado, vamos discutir como a tecnologia pode influenciar ou mesmo facilitar na vida de estudantes, professores, profissionais da área da educação, entre outros. Até a distância, som e imagem já podem ser recursos para aplicação em aulas, com possibilidades de interação com as pessoas envolvidas.     Uma combinação que vem se dando muito bem nesta área é o e-Learning - refere-se a junção entre o ensino com auxílio da tecnologia e educação a distância. Este método de ensino-aprendizado on-line fez abranger as possibilidades para a difusão e compartilhamento do conhecimento e da informação, rompendo barreiras geográficas e temporais possibilitando aos estudantes acesso a qualquer hora, tempo e lugar. É bom lembrar que o e-Learning não veio substituir o ensino tradicional, assim como com a chegada da televisão, o rádio não perdeu as forças. O E-learning é apenas uma nova ferramenta capacitada pela Internet, capaz de tornar o estudo mais ágil, veloz e proporcionar imensos volumes de conteúdos a serem devorados por profissionais da área da educação. Contudo, quando nos referimos a empresas, o objetivo deste sistema torna-se fundamental não simplesmente na substituição da forma de ensino, mas também na utilização adequada para que a organização atinja as suas metas.    Redação Portal Educação

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.




uau! uma sonda espacial acabou de fazer um pouso inédito em um cometa

uau! uma sonda espacial acabou de fazer um pouso inédito em um cometa

Hoje é um dia histórico para a ciência, magalus! Pela primeira vez uma sonda espacial conseguiu pousar num cometa. Incrível, não é mesmo? Vem com a gente que eu te conto tudo sobre esta experiência inédita!

Dez anos depois de ser lançada ao espaço, a sonda Rosetta finalmente liberou o módulo Philae nesta quarta-feira pela manhã. A missão deixou o mundo científico numa grande expectativa porque é considerada de extrema dificuldade. Já imaginou pousar em algo que está em movimento? Ai, até eu fiquei tensa com essa história! Mas às 14h02 (horário de Brasília) veio a confirmação: o módulo Philae pousou com sucesso na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko (nomezinho complicado, né? Rs…). Hora de aplicar a tecla SAP! Existem diferentes formas de dar nome a um cometa. Um dos modelos é usar um número pra identificar o Astro seguido das letras C,P ou D. Que significam: C – cometas com somente uma única aparição P – cometas com múltiplas aparições D – cometas de curto período considerados perdidos O nome a seguir geralmente é o do programa detectou o cometa ou um apelido dado por quem fez a descoberta. Agora dá pra entender um pouco do porque de 67P/Churyumov-Gerasimenko, né? Se você ficou curioso pra saber como foi o pouso, a Agência Espacial Européia (ESA, na sigla em inglês) fez um vídeo para simular o procedimento. Dá uma olhadinha pra entender melhor esta manobra histórica: Com os dados da missão, os pesquisadores vão poder planejar novas missões no espaço e explorar lugares ainda pouco conhecidos! Pra qual lugar do espaço você gostaria de viajar? Conta pra mim nos comentários!


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil