Bermuda fatal étnica com melhor preço

Vendido e entregue por Zattini Frete grátis para compras acima de R$ 99,00

Ver o preço deste produto

Tempo restante para atualização de preço. Clique abaixo e obtenha maiores informações sobre o produto na loja Zattini!

Realize a compra deste produto com total segurança diretamente na loja Zattini.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!
Detalhes de bermuda fatal étnica

Descrição

O estilo criativo da Bermuda Fatal Étnica é ótimo para quem curte inovar no visual e promete acrescentar originalidade às suas combinações. Confortável, tem tudo para te acompanhar nas horas livres.

  • Nome:   Bermuda Fatal Étnica
  • Gênero:   Masculino
  • Indicado para : Dia a Dia
  • Ocasião : Dia a Dia, Festa
  • Estilo da Peça : Estampada
  • Bolso : Com bolso
  • Fechamento : Com cordão
  • Material : Poliéster
  • Composição : 100% Poliéster
  • Dimensões Aproximadas : 38: Cintura: 41 cm, Comprimento: 50 cm; 40: Cintura: 43 cm, Comprimento: 52 cm; 42: Cintura: 45 cm, Comprimento: 54 cm; 44: Cintura: 47 cm, Comprimento: 56 cm; 46: Cintura: 49 cm, Comprimento: 58 cm
  • Garantia do Fabricante : Contra defeito de fabricação
  • Origem:   Nacional

Não perca a oportunidade de comprar bermuda fatal étnica pelo melhor preço! Compre agora diretamente na loja Zattini com toda segurança

Quero ir à lojaComprar este produto


instagram lança “layout”, app para fazer colagens de fotos

instagram lança “layout”, app para fazer colagens de fotos

Segunda-feira, movimentada, né? Acabou de sair no blog oficial do Instagram um post sobre o novo aplicativo deles, o “Layout”. Ele foi criado especialmente para montar colagens iradas com as fotos de forma simples, totalmente integrada e rapidíssima.

Gente, para usar é muito simples. Depois de instalar e permitir o acesso ao seu “camera roll”, o app mostra o preview de algumas montagens utilizando fotos de seu acervo. E olha só que legal: ele tem uma seção que chama “Faces” que exibe montagens apenas com as imagens nas quais ele identifica os rostos.  Alguém pensou em selfies? Rs, rs, rs. E não é só isso, ele ainda oferece ainda recursos para você contar uma história, como fotos em sequência para captar os melhores momentos de cenas rápidas e ainda funcionalidades de espelhamento para paisagens. Ahh, mas o app, pelo menos nesta fase de lançamento, está disponível apenas para iOS. Mas como estou sempre acompanhando as novidades, estou de olho e aguardando a versão para outras plataformas, tá!. E aí, me conta: qual será sua primeira foto utilizando esse novo app?  




abram suas mentes e seus olhos!

abram suas mentes e seus olhos!

Lembro-me como se fosse ontem (mas poderia ser hoje) quando um franqueado em uma empresa que trabalhei veio me perguntar se a gráfica estava correta quando disse que o material seria mais caro porque seria impresso em uma máquina de oito cores. Hoje até pode, com a tecnologia evoluída 20 anos depois, mas na década de 90 não existia nada mais que uma máquina tradicional de 1, 2 ou 4 cores e olhe lá, eram poucas, apenas as grandes gráficas tinham equipamentos de primeira linha, pois todos eram importados. Assim é o mercado pra quem não conhece as tecnologias, os processos, a produção de qualquer material. Ignorante de carteirinha. Então caros profissionais de marketing e entrantes, é necessário conhecer sim os fornecedores, suas empresas, seu ambiente de trabalho e os fornecedores de seus fornecedores. De que adianta você saber avaliar um produto pronto se não sabe como é feito? Facilmente enganado é o mínimo que pode acontecer e isto custa caro, para você e para a empresa. Então deixa de preguiça e vão às empresas de seus fornecedores, conheçam todos, sejam serviços, seja produção. Entendam como é o processo de confecção dos materiais de propaganda, as etapas do processo, quem os faz e como. De certa forma, este exemplo serve pra tudo, você deve conhecer as empresas de quem compra produtos, como estão instaladas, seu ambiente de trabalho, quem os atende ao telefone, quem trabalha em cada etapa. Criar bons vínculos sempre foi e será positivo para qualquer cliente e fornecedor, seus laços se estreitam e sua confiança aumenta. Neste caso uma vertente do marketing de relacionamento pode ser executada, indoor, onde todos ganham. Uma porque você profissional de marketing cede conhecimento e presta serviço aos seus colegas de trabalho e que não são da área, lembrem-se conhecimento faz diferença. Outra porque mostra interesse indo além das suas tarefas específicas e por último e não menos importante torna-se mais confiável interna e externamente. De forma geral, vale pra tudo, não só para os casos específicos de fornecedores, o interesse pelos processos internos, as regras, a execução do trabalho em outras áreas é de extrema importância para que profissionalmente você tenha mais bagagem e possa entender, aplicar ou sugerir mudanças positivas dentro da empresa na qual trabalha. Profissionais que ficam presos aos seus jobs específicos não conseguem pensar fora da caixinha, não conseguem argumentar, não conseguem ampliar seu campo de ação, não são “vistos”, tornam-se autômatos, caem na vala comum. Abram os olhos caros profissionais novatos e entendam que o mercado está cada vez mais exigente, não existe mais trabalho para aqueles que não se capacitam ou qualificam adequadamente. Sejam ousados, sejam diferentes, tenham sede por conhecimento e aproveitem tudo em benefício próprio. No mínimo você será uma pessoa com muito conteúdo. Você deve conhecer muitos por aí e vai conhecer muitos ainda com ambos os perfis... Então se espelhe naquilo que você quer ser! Boa sorte! Reflita: “Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.” – Lao-Tsé




as organizações na era de ultron

as organizações na era de ultron

Vivencio diariamente o aumento de velocidade e intensidade das eternas mudanças na vida de pessoas e organizações, bem como, a luta interna das mesmas para não adoecerem frente a essa realidade. Assim, quando assisti ao filme Os Vingadores 2: A Era de Ultron, me percebi traçando comparações entre o nosso mundo organizacional e a realidade daquele contexto.

Quem gosta de manter a vida impregnada pela sua “criança interna” e admira a criatividade de Stanley Martin Lieber, mais conhecido como Stan Lee, responsável pelo entretenimento de diversas gerações, não pode perder o filme, que é rico em mensagens construtivas no campo do comportamento humano e das relações. Mensagens fundamentais de convivência, de formação de times apesar de personalidades de diferenças profundas, complexas e, muitas, doentias. Mas, assim é nosso cotidiano...

Para quem não conhece a história: na intenção de proteger o nosso planeta, Tony Stark (Homem de Ferro) busca construir uma inteligência artificial superdesenvolvida capaz de proteger a Terra de qualquer e ameaça, aliando-se a Bruce Baner (Hulk). Porém falha, propiciando o nascimento de Ultron, que, de posse de um corpo metálico quase indestrutível, de uma personalidade excêntrica como a de seus criadores, começa uma ação devastadora com um plano maligno de dominação global e de aniquilação dos Vingadores. Articulado, inteligente e irredutível nas suas opiniões, Ultron, em meio a toda a sua racionalidade e inconsequência ainda demonstra resquícios de emoção e sarcasmo.

Para os que não conhecem os heróis que protagonizaram o Vingadores 2, lá vai uma ajudinha.

CAPITÃO AMÉRICA: Depois que um programa Supersoldado ultrassecreto transformou o Steve Rogers no heroico Capitão América, suas façanhas na 2ª Guerra Mundial o tornaram uma lenda viva.  Mas sofreu um acidente no Ártico durante sua missão final, que o fez despertar nos dias atuais passando décadas na tundra congelada. Sozinho em um mundo moderno que ele mal reconhece, resolve aceitar o convite do Coronel Nick Fury, diretor da agência internacional que mantém a paz, S.H.I.E.L.D., para ajudar a salvar o mundo novamente, fazendo parte do time dos Vingadores.

HOMEM DE FERRO: Este gênio excêntrico, bilionário, playboy e filantropo, Tony Stark, o super-herói dentro da armadura conhecido como Homem de Ferro, também é convidado a fazer parte do time dos Vingadores. Com seu perfil de herói adolescente, individualista e narcisista, necessita de mudanças para poder compor a equipe e ajudar a transformá-la numa equipe de alta performance.

THOR - O Deus do Trovão: Um príncipe arrogante, intempestivo, da distante terra de Asgard, que foi banido e enviado para a Terra depois que seu comportamento irresponsável ameaçou sua terra natal. No seu exílio, aprendeu a ser humilde e ajudou a salvar seus novos amigos da destruidora ameaça enviada por Loki, seu irmão mais velho, o que lhe valeu a remissão e recebeu de volta Asgard como herói. Empunhando Mjolnir, um lendário martelo dotado de imenso poder, vem para a Terra, também convidado para o time dos Vingadores.

HULK: Depois de uma experiência mal sucedida com radiação gama, o amigável cientista Dr. Bruce Banner, quando irritado ou provocado, ele se transforma no incontrolável Hulk. Por isso o Dr. Banner opta por viver uma vida pacata em locais remotos do mundo, trabalhando no tratamento de pessoas doentes e ajudando aos pobres. Porém, é também recrutado pelo  coronel Nick Fury, pois este busca aliar a força de Hulk e o conhecimento de Banner ao grupo que está formando.

GAVIÃO ARQUEIRO: Um dos principais agentes de elite da S.H.I.E.L.D., Clint Barton é o mais exímio atirador existente em toda a Terra. O Gavião Arqueiro dispara, com perfeita precisão, seu arsenal de flechas personalizadas, específicas para uma série de situações.

VIÚVA NEGRA: A agente Natasha Romanoff, da S.H.I.E.L.D., é uma das maiores espiãs do mundo e assassina habilidosa. Armada com um extenso arsenal de armas especializadas, assim como um vasto repertório em artes marciais, se torna indispensável na composição de um time invencível.

Mas o que esse time tem de comum com nosso cotidiano nas organizações?

Tudo! E neste filme especificamente, muito mais, pois os heróis mostram seus pontos fracos do ponto de vista emocional.

Assim como na nossa vida, no filme, existe um sentimento de urgência onde se sente que a qualquer momento um dos heróis pode falhar, pode ser morto, pode ser derrotado e que a união de todos, os esforços conjuntos, a soma de inteligências é que faz diferença, apesar das diferenças e divergências, das desavenças.

A grande diferença desse time é que, por uma meta maior convergente eles superam as guerras dos egos e as divergências. Eles não se vitimizam ou deixam que o orgulho fale mais alto do que a responsabilidade para com a “organização”, para com o time ou para com eles mesmos frente à missão de vida. Mesmo não sendo super-heróis podemos adotar esses valores de convivência, de persistência, de humildade, que o time dos Avengers nos mostra. Mesmo com individualidades excêntricas, doentias, problemáticas, se os valores forem consistentes, se a paixão pela empresa, pela vida e por si for grande...

Quem não tem um colega, ou mesmo quem não se identifica com algumas características desses heróis: sarcasmo, medo, insegurança, frustração, conservadorismo, irreverência, impulsividade, paixão, ética, querer levar vantagem, arrogância, vazio, abandono, coragem, determinação, persistência...

Fundamental: não perder a essência da responsabilidade, da paixão maior por si e pela vida, sendo protagonista de sua história de sucesso.

 

Isabel Rios Piñeiro

Diretora Executiva Paradigma Soluções em RH

Autora do Livro Metamorfose do Líder uma Jornada para o Autocoaching




as sete leis espirituais do sucesso

*Denize Dutra
De forma muito simplista, o propósito maior de todo Ser Humano é ser feliz. Influenciados pelo contexto e valores da sociedade ocidental, inevitavelmente, acabamos relacionando a idéia de felicidade, ao sucesso. Há quase 10 anos atrás, li o livro “As 7 Leis Espirituais do Sucesso”, escrito por DEEPAK CHOPRA. Naquela época, pouco se falava da espiritualidade no mundo corporativo. Recentemente, assisti ao DVD sobre o livro e foi interessante perceber como aquelas idéias perderam o cunho de ser apenas uma busca pessoal, e parecem, hoje, ser tão essenciais à sobrevivência neste ambiente competitivo e, na maioria das vezes, árido das organizações contemporâneas. Na realidade, são as leis da VIDA! Este artigo é uma reflexão sobre a relação das idéias dessa obra com a gestão das pessoas. A primeira lei trata “da potencialidade pura”, que acontece quando descobrimos a nossa essência e reconhecemos as nossas infinitas possibilidades e o poder delas decorrente. Este poder magnetiza, atrai, cria vínculos. Esta lei depende do autoconhecimento, que hoje é tão valorizado no mundo corporativo, na medida em que nele se baseia o desenvolvimento pessoal, ou seja, o desenvolvimento de outras competências. Meditação, silêncio, atitudes contemplativas são algumas das formas de trilhar esse caminho. A gestão de pessoas tem focado bastante sua atenção para estes aspectos, por meio de ações de desenvolvimento pessoal e, em especial, das lideranças, como importante fator de reconhecimento destas possibilidades. A segunda é a lei “da doação”. O universo opera através de trocas de energia. ”O fluxo da vida nada mais é do que a interação harmoniosa de todos os elementos e de todas as forças que estruturam a existência.” Tanto nos relacionamentos interpessoais, como na gestão do conhecimento, cada vez mais, a troca é valorizada, pois a única forma de perpetuar, enriquecer, encontrar soluções é compartilhar, colaborar, doar aquilo que temos de melhor. A terceira, a lei “do carma”, expressa no dito popular “você colhe aquilo que você semeia.” A melhor maneira de entender e utilizar a lei do carma é estar conscientemente alerta para as escolhas que fazemos a todo momento. Na verdade, é assumir a autoria da própria história, e isto impacta no como as pessoas se posicionam frente às constantes adversidades que a vida, dentro e fora das corporações, nos apresenta. Pessoas que não percebem e nem assumem suas escolhas passam a vida se vitimizando, como se, não tivessem escolhas! A quarta a lei “do mínimo esforço”. Precisamos aprender e agir como a natureza: ela funciona sem esforço, sem ansiedade. A natureza simplesmente acontece. Nós gastamos muita energia desnecessária porque contrariamos a nossa própria natureza, a começar quando fazemos algo de que não gostamos, ou um trabalho que não tenha significado para a realização de nossa missão pessoal. A quinta lei “da intenção e do desejo” fundamenta-se no fato de que a energia e a informação existem em toda parte da natureza. De acordo com esta visão quântica do universo, “a mudança consciente acontece através de duas qualidades inerentes à consciência: a atenção e a intenção. A atenção energiza e a intenção transforma. Quando você concentra sua atenção em alguma coisa, ela fica mais forte em sua vida”. A intenção é o poder que move o desejo e organiza a sua realização. Há muito tempo, organizações têm focado sua atenção nos aspectos motivacionais dos indivíduos, pautados pela ciência. Essa lei trata desta questão sob uma nova ótica. Muitas ferramentas usadas nos processos de coaching são baseadas nessa lei. Quando sugerimos que as pessoas desenvolvam suas metas, um plano de ação para atingirem seus objetivos, estamos usando a lei da intenção e do desejo. A sexta lei espiritual do sucesso é a lei “do distanciamento”, segundo a qual, para se conseguir qualquer coisa na natureza é preciso desapegar-se dos resultados. Esta é a lei mais complicada de entender e de praticar, pois desapegar-se não significa abandonar a intenção e o desejo. Significa evitar a rigidez mental sobre como as coisas devem ser. Não forçar soluções de problemas, criando novos problemas. É ter a disponibilidade para aceitar a incerteza inerente à existência humana. Isto permite que enxerguemos possibilidades diferentes, de quando nos apegamos a determinado padrão de resposta, solução, expectativa. A sétima, a lei do “darma” (palavra sânscrita que significa o propósito da vida): “Todos temos um dom singular ou um talento único para dar aos outros”. O mundo corporativo sabe disto e seu grande diferencial competitivo está na capacidade de identificar, atrair, reter e desenvolver esses talentos, nesta era do capital humano. Felizmente, esta visão que antes se restringia àquilo que o ser humano pode colocar a serviço dos interesses e resultados organizacionais. Hoje, já não se trata do talento só intelectual, mas ele é entendido numa perspectiva mais holística, em que aspectos emocionais e espirituais são valorizados, pois impactam na realização pessoal, e isto, afeta os resultados, na maioria dos casos, medidos pelo lucro. Esta lei está relacionada ao significado do trabalho, porque se o trabalho não estiver alinhado com o propósito maior da existência, ele não será uma fonte de realização pessoal. Na medida em que, na maior parte de nossa existência, trabalhamos, esta é uma questão decisiva na concepção do que seja sucesso. Neste ponto, o principal aspecto é a pessoa perceber que este talento só faz sentido se estiver a serviço da humanidade. Quando você combina a capacidade de expressar seu talento único com os benefícios da humanidade, está fazendo pleno uso da lei do “darma”. Pela influencia de nossa cultura ocidental, buscamos sempre no caminho das ciências, as respostas e soluções para as importantes questões do mundo moderno, inclusive para os negócios. Com a aproximação da cultura oriental, da filosofia, dos estudos focados na espiritualidade, começamos a perceber que esta fantástica teia do conhecimento, sob um olhar multidisciplinar e multidimensional, contribui para que os indivíduos alcancem o autodomínio e entendam que são “seres espirituais passando por experiências humanas” e não ao contrário, seres humanos vivendo experiências espirituais. Denize Dutra é Consultora Sênior do Instituto MVC e Professora dos MBAs Executivos da FGV. Fonte: Instituto MVC

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.


O que você encontra no QueroBarato!

Milhões de produtos das melhores lojas

Maiores lojas do Brasil são mais 100 opções

Centenas de Cupons com ótimos descontos

Informações atualizadas de todos os produtos

Quer receber novidades, cupons e ofertas exclusivas?

subir

Pesquise no QueroBarato! e compre diretamente nas maiores lojas do Brasil